Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Anaten: eficaz no tratamento da hipertensão arterial e angina de peito!

    Anaten: eficaz no tratamento da hipertensão arterial e angina de peito!

    Anaten (besilato de anlodipino + atenolol) é um medicamento utilizado para reduzir a pressão arterial. Esse medicamento funciona através da ação combinada de dois agentes: o besilato de anlodipino e o atenolol.

    O besilato de anlodipino promove a dilatação do sistema arterial periférico com consequente redução da pressão arterial. O atenolol leva a uma diminuição da frequência dos batimentos cardíacos e da força de contração do coração.

    O tempo necessário para se conseguir a eficácia máxima do medicamento é de aproximadamente 1 a 2 semanas.

    • Lidocaina

      Lidocaina

      5 apresentações
      R$ 6,98
      R$ 6,98

    COMPARE OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO AQUI!

    Indicação

    Este medicamento é indicado no tratamento da hipertensão arterial (pressão alta) e insuficiência coronariana crônica estável (angina do peito).

    Apresentação do medicamento

    Formatos e embalagens

    Versão 5 mg + 25 mg

    Embalagem com 30 cápsulas contendo 5 mg de besilato de anlodipino + 25 mg de atenolol.

    Versão 5 mg + 50 mg

    Embalagem com 30 cápsulas contendo 5 mg de besilato de anlodipino + 50 mg de atenolol.

    Uso

    Administração via oral.

    Indicado apenas a adultos.

    Composição

    Versão 5 mg + 25 mg

    Cada cápsula do medicamento de 5 mg + 25 mg contém:

    Besilato de anlodipino* → 5 mg.

    Atenolol** → 25 mg.

    Excipientes em 1 cápsula dura → Carbonato de magnésio, amido, gelatina, laurilsulfato de sódio, amidoglicolato de sódio, lactose, estearato de magnésio, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, álcool polivinílico, macrogol, talco, dióxido de titânio, corante azul brilhante alumínio laca e corante laca de alumínio amarelo crepúsculo.

    Versão 5 mg + 50 mg

    Cada cápsula do medicamento de 5 mg + 50 mg contém:

    Besilato de anlodipino* → 5 mg.

    Atenolol** → 50 mg.

    Excipientes em 1 cápsula dura → Carbonato de magnésio, amido, gelatina, laurilsulfato de sódio, amidoglicolato de sódio, lactose, estearato de magnésio, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, álcool polivinílico, macrogol, talco, dióxido de titânio, corante azul brilhante alumínio laca e corante laca de alumínio amarelo crepúsculo.

    Contraindicações

    Se você possui alguma das seguintes alterações não use este medicamento: bradicardia sinusal (redução acentuada do batimento cardíaco), bloqueio cardíaco de segundo ou terceiro grau (um tipo de distúrbio do ritmo cardíaco), choque cardiogênico (falência grave do coração), hipotensão (pressão baixa) e insuficiência cardíaca descompensada (“coração fraco”).

    Se você é portador de insuficiência cardíaca e seus sintomas não estiverem sob controle, se você apresenta distúrbios na circulação arterial dos membros inferiores (doença arterial obstrutiva periférica) ou é portador de feocromocitoma (tumor originado na glândula supra-renal), também não se recomenda o emprego de Anaten (besilato de anlodipino + atenolol).

    Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes alérgicos a um ou mais componentes da fórmula.

    Advertências e precauções

    Insuficiência cardíaca

    Se você tem sintomas de insuficiência cardíaca descompensada (“coração fraco”) você não deve utilizar este medicamento.Após o restabelecimento dos sintomas você pode retornar a utilizá-lo, mas com cuidados.

    Se durante o tratamento com Anaten aparecer insuficiência cardíaca congestiva, este produto deve ser temporariamente suspenso até que a insuficiência cardíaca tenha sido controlada.

    Diabetes

    Se você é diabético, este medicamento pode mascarar os sintomas decorrentes da hipoglicemia (quantidade de açúcar no sangue menor que o normal).

    Doenças crônicas obstrutivas

    Se você possui doenças crônicas obstrutivas das vias aéreas (doenças que causam falta de ar) pode-se utilizar este fármaco em baixas doses e com os devidos cuidados. Todavia, se você tem asma, pode ocorrer um aumento da resistência das vias aéreas (dificuldade de respirar).

    Angina de peito

    Se você tem doença cardíaca isquêmica (angina do peito), do mesmo modo que com qualquer medicamento que possua um betabloqueador (agente que age da mesma forma que o besilato de anlodipino + atenolol), o tratamento não deve ser interrompido repentinamente.

    Arritmia

    Deve-se ter cuidado ao utilizar o Anaten ao mesmo tempo que agentes antiarrítmicos (medicamentos utilizados para tratamento ou prevenção dos batimentos anormais do coração), como a disopiramida e amiodarona. Deve ser usado com cuidado quando administrado ao mesmo tempo que o verapamil caso você tenha problemas no coração (função ventricular comprometida ou anormalidades de condução).

    Anestésicos

    Como ocorre com qualquer medicamento que contenha um betabloqueador, pode-se decidir interromper a sua utilização antes de uma cirurgia. Neste caso, a última dose do medicamento deve ser administrada 48 horas antes do início da anestesia. Se por outro lado for decidido continuar o tratamento, deve-se tomar cuidado ao usar agentes anestésicos tais como éter, ciclopropano e tricloroetileno.

    Insuficiência hepática

    Se você tem insuficiência hepática (disfunção do fígado) recomenda-se cuidado ao se utilizar o besilato de anlodipino + atenolol, visto que o anlodipino pode demorar muito para ser eliminado do corpo. Na estenose aórtica grave (problema na válvula do coração), o uso de qualquer vasodilatador periférico (um tipo de medicamento que faz com que o sangue circule melhor) pode provocar hipotensão aguda (pressão baixa), mesmo que raramente.

    Gravidez e lactação

    Durante a gravidez, é recomendado utilizar este medicamento somente quando o benefício esperado se sobreponha ao risco potencial ao feto. Este medicamento não deve ser utilizado se você estiver amamentando. Se o uso for considerado necessário, a amamentação deve ser interrompida.

    ATENÇÃO: Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

    Idosos

    Deve ser iniciado o tratamento com a menor dose do fármaco, e reajustar se necessário.

    Crianças

    A segurança e eficácia do uso deste fármaco ainda não foram estabelecidas em crianças.

    Doping

    ATENÇÃO: Este medicamento pode causar doping!

    Reações adversas

    A seguir são classificadas as reações adversas de acordo com as frequências observadas para os componentes ativos do medicamento (besilato de anlodipino + atenolol) isoladamente:

    Anlodipino

    Reação muito comum (ocorre em 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

    Edema periférico, rubor (vermelhidão).

    Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

    Rubor facial (vermelhidão), edema periférico (comum na dose 2,5 mg por dia), rash (erupção na pele), dor abdominal, anorexia, náusea, constipação gastrintestinal, mialgia (dor muscular), artralgia (dor nas articulações), câimbras, falta de ar e tosse.

    Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

    Palpitações, alterações na frequência cardíaca, descoloração da pele, urticária, pele seca, alopecia (redução de pelos), dermatite ou sensação de pele fria, púrpura (manchas vermelhas na pele), ataxia (alteração na coordenação dos movimentos), apatia, amnésia, agitação, tremor, vertigem, insônia, sonhos anormais, visão anormal, dor no olho, conjuntivite, diplopia (visão dupla dos objetos), olho seco, alterações na acomodação visual, tinitus (sensação de ruído leve), frequência aumentada da urina e urina noturna.

    Reação rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento)

    Hiperplasia gengival (aumento da gengiva).

    A literatura cita ainda as seguintes reações adversas, sem frequências conhecidas: prurido generalizado, ginecomastia (crescimento das mamas nos homens), dor de cabeça, tontura, distúrbios do sono, ansiedade e depressão.

    Atenolol

    Reação muito comum (ocorre em 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

    Bradicardia (redução do batimento cardíaco), tontura e cansaço.

    Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

    Hipotensão postural (queda de pressão arterial ao ficar em pé), extremidades frias, constipação, náusea diarreia e fadiga.

    Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

    Piora da insuficiência cardíaca, precipitação de bloqueio cardíaco, distúrbios do sono do tipo observado com outros betabloqueadores, ataxia (alteração na coordenação dos movimentos), sonhos vívidos e/ou insônia.

    Reação rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento)

    Fenômeno de Raynaud (em pacientes suscetíveis) e piora da claudicação intermitente (se esta já estiver presente), alterações de humor, pesadelos, confusão, psicoses, alucinações, cefaleia, olhos secos, distúrbios visuais, broncoespasmo em pacientes com asma brônquica ou história de queixas/complicações asmáticas ou obstrutivas pulmonares.

    Alopecia (perda de pelos), reações cutâneas psoriformes, exantema (erupção avermelhada na pele), rash cutâneo (erupção na pele), lúpus eritematoso sistêmico, anafilaxia (o atenolol pode contribuir para a gravidade e refratariedade do tratamento anafilático ou de reações de hipersensibilidade) e disfunção sexual (por exemplo: impotência, diminuição de libido e redução nas taxas de relação sexuais).

    Caso você esteja sentindo algum dos sintomas citados anteriormente, encontre um médico para tratar adequadamente do seu problema de saúde aqui.

    • Lidocaina

      Lidocaina

      5 apresentações
      R$ 6,98
      R$ 6,98

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!