Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Azelastina: parar tratar e prevenir a rinite alérgica!

    Azelastina: parar tratar e prevenir a rinite alérgica!

    O medicamento azelastina é indicado para o tratamento da rinite alérgica.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO!

    • Varfarina Sódica

      Varfarina Sódica

      4 apresentações
      R$ 3,40
      R$ 3,40

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!


    O que é

    Azelastina é considerada um derivado da ftalazinona – classificada como um potente composto antialérgico com propriedades antagonistas seletivas em receptores H1. Além disso, o medicamento possui como princípio ativo o cloridrato de azelastina!

    Lembre-se, o medicamento em destaque deve ser administrado junto a um médico – pois ele irá ditar a redução ou aumento da dosagem de acordo com o tratamento. Procure o melhor profissional da área da saúde para atendê-lo!


    Interações medicamentosas

    Você não deve usar o medicamento em destaque em associação com cimetidina:

    Seu efeito de interação aumenta o risco de ocorrência de eventos adversos relacionadas ao medicamento em destaque (como aumento da sonolência, dor de cabeça e sabor amargo na boca. Seu mecanismo de ação provável ainda é desconhecido.

    Gravidade moderada

    Não existem evidências na literatura que sugiram a ocorrência de interação do medicamento em destaque tópico nasal clinicamente relevantes com outros medicamentos, doenças, exames laboratoriais e não laboratoriais.


    Nomes Comerciais

    Este medicamento pode ser visto sob a forma genérica ou através dos nomes comerciais a seguir:

    - Aznite;

    - Rino-Lastin.


    Formas de tomar

    A posologia do medicamento mencionado no artigo depende da idade e do quadro clínico do paciente:

    Dosagem normal

    Recomenda-se uma aplicação de 0,14ml em cada narina, até duas vezes ao dia. Essa posologia serve tanto para adultos quanto para crianças de 5 anos ou mais.

    Dosagem aumentada

    Recomenda-se, a partir dos 12 anos de idade, duas aplicações de 0,28ml em cada narina, até duas vezes ao dia. Essa posologia não deve ultrapassar de 3 aplicação, e o tratamento deve ser prolongado até a prescrição médica.


    Efeitos colaterais

    Os efeitos colaterais mais comuns por conta da administração de azelastina incluem ganho de peso, coceira, erupção cutânea, vômito, desconforto abdominal, alteração no apetite, náusea, sonolência, tontura, dor de cabeça, asma, conjuntivite, tosse e faringite. Já as reações mais raras podem ser observadas como palpitação e fibrilação atrial.


    Contraindicações

    O medicamento azelastina é contraindicado para pacientes que possuem hipersensibilidade ao seu princípio ativo ou qualquer outro componente presente na fórmula do produto. Além disso, ele não é recomendado para menores de 5 anos de idade!


    Resultados de eficácia

    Em 2007 foi realizada uma revisão sistemática da eficácia do medicamento nasal para o tratamento da rinite alérgica. E na conclusão observou-se que o medicamento nasal foi mais eficaz que o placebo no tratamento da rinite alérgica. E quando o medicamento foi comparado com anti-histamínicos orais como monoterapia, a tendência favorecia o medicamento em destaque. Como a azelastina parece ser tão eficaz como anti-histamínicos orais, a escolha do tratamento para a rinite alérgica sazonal deve depender da preferência do paciente em relação à via de administração.

    O objetivo do estudo conduzido por Lieberman foi avaliar a eficácia do medicamento em destaque nasal, um anti-histamínico de segunda geração tópica, no tratamento dos sintomas da rinite alérgica sazonal, rinite mista e rinite vasomotora não alérgica. Dos 7.864 pacientes inscritos no estudo, 4.364 pacientes utilizaram o medicamento nasal como a medicação para a rinite apenas durante o período de estudo de 2 semanas. Mais de 85% dos pacientes que relataram dificuldade para dormir ou insuficiência de atividades diárias devido a sintomas de rinite apresentaram melhora nestes parâmetros.

    O medicamento em destaque nasal foi bem tolerado, a taxa de descontinuação devido a eventos adversos foi de 2,3%. O medicamento nasal foi adequado para controlar todos os sintomas de rinite, incluindo congestão nasal, independentemente do diagnóstico de rinite durante o período de estudo de 2 semanas.

    Estudos têm demonstrado que o medicamento é mais eficaz que o placebo em termos de redução dos principais sintomas da rinite alérgica. Alguns estudos demonstraram que o medicamento em destaque reduz a congestão nasal da rinite alérgica. Esta característica que a distingue dos anti-histamínicos orais é de grande interesse, pois os corticosteróides são conhecidos por serem bastante eficazes para o alívio da congestão nasal, enquanto os anti-histamínicos são eficazes para os espirros, coceira nos olhos, prurido nasal e olhos lacrimejantes, mas não para a congestão. O medicamento em formato nasal parece ser um tratamento eficaz para a rinite alérgica com um rápido início e longa duração da atividade, mas sem os efeitos colaterais dos tradicionais anti-histamínicos sedativos.

    Características farmacológicas

    O medicamento em destaque, um derivado da ftalazinona, é classificada como um potente composto antialérgico com propriedades antagonistas seletivas em receptores H1.

    Dados dos estudosin vivo (pré-clínicos) e in vitro mostram que o medicamento inibe a síntese ou a liberação de mediadores químicos que são conhecidos por seu envolvimento nos estágios inicial e final de reações alérgicas, por exemplo leucotrienos, histamina, PAF e serotonina.

    Depois de repetidas aplicações nasais de uma dose diária de 0,56 mg do princípio ativo do medicamento em destaque (referindo-se a uma pulverização por narina duas vezes por dia), os níveis plasmáticos no estado de equilíbrio de Cmáx eram de aproximadamente 0,27 ng/ml em voluntários saudáveis. Os níveis do metabólito ativo desmetil, foram detectados no limite de quantificação ou abaixo dele (0,12 ng/ml).

    Repetidas aplicações nasais em pacientes com rinite alérgica resultam em níveis plasmáticos elevados do medicamento em comparação com pessoas saudáveis, sugerindo uma absorção sistêmica em maior extensão (muito provavelmente devido à melhor penetração pela mucosa nasal inflamada). Após uma dose diária total de 0,56 mg do princípio ativo do medicamento em destaque (por exemplo, uma pulverização por narina duas vezes ao dia), as concentrações plasmáticas médias no estado de equilíbrio do medicamento, observada duas horas após a administração, foram cerca de 0,65 ng/ml.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO!

    • Varfarina Sódica

      Varfarina Sódica

      4 apresentações
      R$ 3,40
      R$ 3,40