Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Azicin: tudo sobre este antibiótico!

    Azicin: tudo sobre este antibiótico!

    Azicin é um antibiótico que age impedindo que as bactérias sensíveis à azitromicina produzam proteínas, que são a base do seu crescimento e reprodução. Não é conhecido o tempo exato do início de ação por administração oral ou intravenosa (dentro da veia). Seu princípio ativo é a azitromicina.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DO MEDICAMENTO AZICIN

    • Celestamine

      Celestamine

      3 apresentações
      R$ 23,95
      R$ 23,95


    O que é

    É usada para tratamento intravenoso:

    • Pneumonia adquirida na comunidade (infecções nos pulmões que não tenham sido adquiridas em internação hospitalar) causada por organismos sensíveis à azitromicina, incluindo infecções causadas pela Legionella pneumophila;

    • Doença inflamatória pélvica (infecção dos órgãos genitais internos) causada por organismos sensíveis à azitromicina.

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!


    Composição

    Cada frasco-ampola de Azicin contém:

    Azitromicina di-hidratada 524,059 mg*.

    *Equivalente a 500 mg de azitromicina base.

    Excipientes: ácido cítrico e hidróxido de sódio.


    Interações medicamentosas

    Antiácidos: Podem reduzir os picos de concentração plasmática da azitromicina, contudo sem alterar sua biodisponibilidade.

    Digoxina: Deve ser considerada a possibilidade de um aumento nos níveis de digoxina no sangue.

    Ciclosporina: Se for necessário que sejam usados em conjunto, a quantidade de ciclosporina no sangue deve ser monitorada e a dose deve ser ajustada adequadamente.

    Carbamazepina: Se for necessário que sejam usados em conjunto, a quantidade de carbamazepina no sangue deve cuidadosamente ser monitorada.

    Varfarina: Podem ser usados em conjunto, mas a monitoração do tempo de protrombina deverá ser realizada.

    Deve-se monitorar também (com acompanhamento médico e exames de sangue avaliando níveis das medicações) pacientes que utilizam conjuntamente azitromicina e outros medicamentos, como: digoxina, colchicina, zidovudina e anticoagulantes orais.


    Nomes comerciais

    Este medicamento pode ser encontrado sob a forma genérica ou através dos nomes comerciais a seguir:

    • Astro;

    • Azi;

    • Azimed;

    • Azitromed;

    • Azimix;

    • Azitrolab;

    • Azitron;

    • Clindal;

    • Selimax Pulso;

    • Tromizir;

    • Zidimax;

    • Zimicina;

    • Zithromax;

    • Zitroneo.


    Formas de tomar

    Posologia:

    Uso em Adultos:

    Para o tratamento de pacientes adultos com pneumonia (infecção nos pulmões) adquirida na comunidade (ou seja, que não tenha sido adquirida durante internação hospitalar), causada por organismos sensíveis, a dose recomendada de azitromicina di-hidratada é de 500 mg em dose única diária (1 vez ao dia), por via intravenosa durante, no mínimo, 2 dias. Se houver condições clínicas e indicação do médico, o tratamento endovenoso pode ser substituído por azitromicina di-hidratada via oral, em dose única diária de 500 mg até que o tempo total (endovenoso – na veia e oral) seja de 7 a 10 dias. A substituição do tratamento intravenoso ara o tratamento oral deve ser estabelecida a critério médico, de acordo com a resposta clínica.

    Para o tratamento de pacientes adultos com doença inflamatória pélvica (infecção dos órgãos genitais internos) causada por organismos sensíveis, a dose recomendada de azitromicina di-hidratada é de 500 mg em dose única diária (uma vez ao dia), por via intravenosa, durante 1 ou 2 dias. Após avaliação médica, se as condições clínicas forem adequadas, o tratamento endovenoso pode ser substituído por azitromicina di-hidratada via oral.

    Uso em Pacientes Idosos:

    Se você for idoso, pode fazer uso da mesma dose utilizada em pacientes adultos.

    Uso em Pacientes com Insuficiência Renal:

    Se você tem insuficiência renal (diminuição da função dos rins) considerada leve a moderada não é necessário fazer ajuste de dose. No caso de insuficiência renal grave, azitromicina di-hidratada deve ser administrada com cautela.

    Uso em Pacientes com Insuficiência Hepática:

    Se você tem insuficiência hepática (diminuição da função do fígado) leve a moderada, as mesmas doses que são administradas a pacientes com a função hepática normal podem ser utilizadas. Porém, se a insuficiência for considerada grave pelo seu médico, este deve fazer ajuste de doses.


    Precauções

    O que devo saber antes de utilizar este medicamento?

    Apesar de raro, com o uso de Azicin você pode desenvolver reações alérgicas graves como angioedema (inchaço das partes mais profundas da pele ou da mucosa, geralmente de origem alérgica) e anafilaxia (reação alérgica grave), raramente fatal, e reações dermatológicas incluindo Pustulose Exantemática Generalizada Aguda (PEGA) (reação alérgica grave extensa com formação de vesículas contendo pus em seu interior), Síndrome de Stevens Johnson (reação alérgica grave com bolhas na pele e mucosas), necrólise epidérmica tóxica (descamação grave da camada superior da pele) raramente fatal, reações adversas a medicamentos com eosinofilia e sintomas sistêmicos (DRESS - Drug Reaction with Eosinophilia and Systemic Symptoms) - (Reações adversas a medicamentos com resposta generalizada).

    Se ocorrer alguma reação alérgica, o uso do medicamento deve ser descontinuado e deve ser administrado tratamento adequado. Os médicos devem estar cientes que os sintomas alérgicos podem reaparecer quando o tratamento sintomático é descontinuado.

    Se você tiver algum problema grave de fígado, azitromicina di-hidratada deve ser utilizada com cuidado. Avise ao seu médico.

    Foram relatadas alteração da função hepática (funcionamento anormal do fígado), hepatite (inflamação do fígado), icterícia colestática (coloração amarelada da pele e mucosas por acúmulo de pigmentos biliares, devido à obstrução), necrose hepática (morte de células hepáticas) e insuficiência hepática (falência da função do fígado), algumas das quais resultaram em morte. A azitromicina di-hidratada deve ser descontinuada imediatamente se ocorrerem sinais e sintomas de hepatite.

    Exacerbações dos sintomas de miastenia gravis (doença que causa fraqueza muscular) foram relatadas em pacientes em tratamento com azitromicina.

    Se você observar vômito ou irritação após a alimentação em recém-nascidos (até 42 dias de vida) que estejam em tratamento com azitromicina, entre em contato com o médico, pois pode ser um indicativo de estenose pilórica hipertrófica infantil.

    Não utilize azitromicina di-hidratada juntamente com derivados do ergot (medicação com várias indicações incluindo analgesia, representados pela ergotamina).

    Foi relatada diarreia associada à Clostridium difficile (tipo de bactéria) com a maioria dos agentes antibacterianos, incluindo azitromicina di-hidratada, que pode variar de diarreia leve a colite (inflamação do intestino grosso ou cólon) fatal.

    Houve relatos de diarreia associada a C. difficile até 2 meses após a administração de agentes antibacterianos. É necessário cuidado médico nestas situações.

    O uso de azitromicina di-hidratada foi associado à maior risco de desenvolvimento de arritmias cardíacas, incluindo prolongamento do intervalo QT, que pode ser fatal.


    Efeitos colaterais

    O Azicin pode causar alguns efeitos colaterais, os mais comuns são:

    • Náusea;

    • Vômito;

    • Diarreia;

    • Fezes amolecidas;

    • Desconforto abdominal;

    • Alteração no funcionamento do fígado com aparecimento de icterícia;

    • Perda de audição devido a toxicidade no ouvido;

    • Alterações nos valores do exame de sangue como redução das células de defesa ou plaquetas;

    • Alterações no batimento cardíaco;

    • Baixa da pressão arterial;

    • Tontura;

    • Sonolência;

    • Perda de apetite.

    Consulte um médico se algum destes sintomas for grave e/ou não desaparecer.


    Gravidez

    Não use este medicamento durante a amamentação, pois este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.


    Contraindicações

    O uso de Azicin é contraindicado se você tem hipersensibilidade (alergia) à azitromicina, à eritromicina, a qualquer antibiótico macrolídeo (classe de antibióticos a qual pertence a azitromicina), cetolídeo (como telitromicina e cetromicina) ou a qualquer componente da fórmula.