Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Bactropin: saiba quais tipos de infecção esse fármaco trata!

    Bactropin: saiba quais tipos de infecção esse fármaco trata!

    O medicamento bactropin é indicado para o tratamento de infecções respiratórias, gastrintestinais, renais, genitais, de pele, do trato urinário e outros tipos de infecções – principalmente as causadas por microrganismos sensíveis à associação dos medicamentos trimetoprima e sulfametoxazol.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO!

    • Nexium

      Nexium

      3 apresentações
      R$ 26,70
      R$ 26,70

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!


    O que é

    O bactropin é considerado um fármaco quimioterápico com propriedades bactericidas e duplo mecanismo de ação.

    Além disso, bactropin possui 2 compostos ativos, sendo a sulfametoxazol e a trimetoprima – ambos agindo sinergicamente, inibindo dois passos consecutivos da formação de uma substância necessária aos microrganismos, que não conseguem mais se desenvolver.

    A ação medicamentosa desse medicamento tem início logo após a primeira dose. No entanto, os microrganismos não são eliminados de imediato.

    Os excipientes presentes na composição do medicamento em destaque são: amidoglicolato de sódio, povidona, estearato de magnésio e docusato de sódio.

    Lembre-se, o medicamento em destaque deve ser administrado junto a um médico – pois ele irá ditar a redução ou aumento da dosagem de acordo com o tratamento. Procure o melhor profissional da área da saúde para atendê-lo!


    Interações medicamentosas

    Devido à possibilidade de interação medicamentosa, você deve ter cautela com o uso concomitante do medicamento em destaque e os medicamentos ou substâncias descritas a seguir:

    - Diuréticos (medicamentos que aumentam a quantidade de urina eliminada) e digoxina (medicamento para o coração);

    - Medicamentos para doenças do sistema nervoso,depressores do sistema nervoso central, como, por exemplo, antidepressivos e fenitoína;

    - Medicamentos que contenham em sua fórmula, amantadina (medicamento antiviral e antiparkinsoniano), lamivudina (antirretroviral utilizado em pacientes portadores de HIV), ou memantina (utilizado em doença de Alzheimer), antidiabéticos orais,ciclosporina (usada em transplantes, por exemplo),indometacina (usada em doenças reumatológicas, por exemplo) metotrexato (usado em doenças reumatológicas, por exemplo), pirimetamina (usada em infecções, como toxoplasmose, por exemplo) e varfarina (anticoagulante).

    Há evidências de que a trimetoprima interage com a dofetilida, portanto, Bactrim não deve ser administrado em combinação com esse fármaco.

    A exposição sistêmica a medicamentos metabolizados pelas enzimas do fígado (citocromo P450 2C8) pode aumentar quando administrado com trimetoprima (TMP) e sulfametoxazol (SMZ). Exemplos incluem paclitaxel (oncológico), amiodarona (usado em arritmias cardíacas), dapsona (usado em doenças de pele),repaglinida, rosiglitazona e pioglitazona (usados em diabetes).

    Interações farmacodinâmicas e interações de mecanismo indefinido

    A taxa de incidência e gravidade das reações adversas mielotóxicas e nefrotóxicas pode aumentar quando TMP-SMZ é administrado concomitantemente com outros medicamentos mielosupressores ou associados à disfunção renal, como análogos de nucleosídeos, tacrolimus,azatioprina ou mercaptopurina. Pacientes que recebem TMP-SMZ concomitantemente com tais medicamentos devem ser monitorados quanto à toxicidade hematológica e/ou renal.

    A administração em conjunto com a clozapina (usado em esquizofrenia), uma substância conhecida por ter grande potencial para causar agranulocitose (diminuição dos glóbulos brancos), deve ser evitada.

    Devido aos efeitos poupadores de potássio de TMP-SMZ, cuidado deve ser tomado quando TMP-SMZ é administrado com outros agentes que aumentam o potássio sérico, tais como inibidores da enzima conversora da angiotensina e bloqueadores dos receptores da angiotensina, diuréticos poupadores de potássio e prednisolona.

    Medicamento – Exame laboratorial

    O medicamento em destaque, especialmente o componente TMP, pode interferir na dosagem do metotrexato sérico, dependendo da técnica utilizada para medição do fármaco.

    A presença de TMP e SMZ pode também interferir na dosagem de creatinina, ocasionando aumento de cerca de 10% nos valores da faixa de normalidade.


    Nomes Comerciais

    Este medicamento pode ser visto sob a forma genérica ou através dos nomes comerciais a seguir:

    - Bacfar F;

    - Bacfar (Comprimido e suspensão oral);

    - Bacteracin;

    - Bacteracin F;

    - Bactrim IV;

    - Bacsulfaprim;

    - Bac Sulfitrin;

    - Bactrim (Comprimido e suspensão oral);

    - Bactrisan;

    - Belfactrim;

    - Benectrin;

    - Bactrim F (Suspensão oral, comprimido

    - Espectroprima;

    - Infectrin (Comprimido e suspensão);

    - Medtrim;

    - Neotrin;

    - Qiftrim;

    - Rovtrin;

    - Sulfametoxazol + Trimetoprima (Comprimido e suspensão oral);

    - Tricban.


    Formas de tomar

    A posologia do medicamento mencionado no artigo depende da idade e do quadro clínico do paciente:

    Adultos e crianças a partir de 12 anos de idade

    Recomenda-se uma dose habitual de 2 comprimidos ou 1 comprimido a cada 12 horas – dependendo da recomendação médica.

    Para dosagens mínimas e de tratamento prolongado de mais de 14 dias, recomenda-se uma dose de 1 comprimido ou ½ comprimido a cada 12 horas – dependendo da recomendação médica.

    Já a dosagem máxima, em casos mais graves, varia de 3 comprimidos ou 1 e ½ a cada 12 horas – dependendo da recomendação médica

    Período de tratamento

    Quando se trata de infecções agudas, é necessário administrar o medicamento por pelo menos 5 dias – ou até que o paciente esteja sem os sintomas maléficos por pelo menos 2 dias. Caso não haja uma melhora durante um período de 7 dias, o indivíduo deve ser observado e reavaliado.


    Efeitos colaterais

    Os efeitos colaterais por conta da administração do medicamento bactropin incluem sintomas de diarreia, candidíase, ureia elevada, creatinina sérica elevada, hepatite, náuseas, vômitos, enterocolite pseudomembranosa, transaminases elevadas, bilirrubina elevada, infecções fúngicas, insuficiência renal, dermatite, erupção cutânea, exantema, eritema, prurido e até mesmo urticária.

    Em casos mais raros, também foram observados a redução dos glóbulos brancos do sangue, anemia, trombocitopenia, estomatite, hipoglicemia, formigamento, alucinações, granulocitopenia, uveíte, vasculite, vertigem, zumbido, inflamação na língua, redução de eliminação da bile, afecções dos nervos e parestesia.


    Contraindicações

    O medicamento bactropin é contraindicado para pacientes que possuem hipersensibilidade ao princípio ativo (sulfonamida e trimetoprima) ou qualquer outro componente presente na fórmula do produto.

    Além disso, o medicamento não é recomendado para pacientes com doença grave no fígado e rim; pacientes no período de gestação; e não deve ser utilizado em combinação com dofetilida.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO!

    • Nexium

      Nexium

      3 apresentações
      R$ 26,70
      R$ 26,70