Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Belspan alivia cólicas estomacais e menstruais!

    Belspan alivia cólicas estomacais e menstruais!

    Quais as indicações de Belspan?

    Belspan é indicado para o tratamento dos sintomas de cólicas intestinais, estomacais, urinárias, das vias biliares, dos órgãos sexuais femininos e menstruais.

    Qual a ação no organismo?

    Este medicamento possui ação antiespasmódica, agindo sobre as contrações dolorosas e aliviando de forma rápida e prolongada as cólicas, dores e desconforto abdominais.

    Possui também importante propriedade analgésica, o que faz com que diminua a percepção da dor. O medicamento faz efeito logo depois de tomado e seu efeito dura por 6 a 8 horas.

    Como Armazenar?

    Mantenha em temperatura ambiente (15 °C a 30 °C), protegido da luz e da umidade. Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

    Características do medicamento: Comprimido circular, liso de cor branca. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

    Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

    Nomes comerciais:

    Buscopan Composto Comprimido; Buscopan Composto Gotas; Algexin Composto Drágeas; Atrovex Comprimido; Belspan Gotas; Binospan; Dorspan Composto Drágeas; Espafin; Espasmodid Composto; Escopen Composto; Hiospan Composto; Hioariston; Neocopan Composto Comprimido; Espafin Composto; Belspan Comprimido; Hypocina Composta; Buscoveran Composto; Buscoplex Composto; Algexin Composto Solução Oral; Dorspan Composto Gotas; Atrovex Gotas; Neocopan Composto Gotas

    Qual a dose indicada?

    Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros por via oral com água.

    A dose recomendada é de 1 a 2 comprimidos revestidos de 10 mg/250 mg, 3 a 4 vezes ao dia.

    Você não deve usar o produto em altas doses ou por longo tempo, sem prescrição de um médico ou dentista.

    Pacientes idosos ou com distúrbios das condições gerais de eliminação de creatinina do sangue devem reduzir a dose de Belspan.

    Pacientes com mau funcionamento dos rins e fígado devem evitar o uso repetido de doses elevadas, mas não há necessidade de diminuir a dose se a sua utilização for por pouco tempo.

    Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

    Efeitos colaterais:

    Reações comuns

    Hipotensão (queda da pressão), tontura, boca seca.

    Reações incomuns

    Agranulocitose (ausência ou diminuição acentuada de leucócitos granulócitos, ou seja, das células brancas do sangue) incluindo casos fatais, leucopenia, erupção cutânea medicamentosa (reações e manchas vermelhas na pele com coceira e descamação), reações cutâneas, choque (queda grave da pressão), rubor (vermelhidão).

    Reações raras

    Reação anafilactóide e reação anafilática (reações alérgicas graves) principalmente após administração injetável, asma em pacientes com síndrome de asma causada por analgésicos, erupção maculopapular (reação na pele semelhante ao sarampo).

    Reações muito raras

    Trombocitopenia (diminuição de plaquetas do sangue), necrólise epidérmica tóxica (condição bolhosa grave na pele com necrose e toxicidade), síndrome de Stevens-Johnson (doença grave da pele com surgimento de bolhas, dor, febre, mal estar geral), insuficiência renal aguda (falha abrupta no funcionamento dos rins), anúria (ausência de produção de urina), nefrite intersticial (problema renal), proteinúria (proteínas na urina), oligúria (diminuição da urina), insuficiência renal (funcionamento deficiente dos rins).

    Reações com frequência desconhecida

    Sepse (infecção generalizada grave) incluindo casos fatais, choque anafilático (choque alérgico) incluindo casos fatais principalmente após administração injetável, dispneia (falta de ar), hipersensibilidade, disidrose (bolhas nos pés e mãos), taquicardia, hemorragia gastrintestinal (sangramento do aparelho digestivo), retenção urinária (dificuldade para urinar), cromatúria (alteração da cor da urina).

    Gravidez:

    Essa medicação é contra-indicada a partir dos 6 meses de gravidez

    Por isso, não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

    Situações contra-indicadas para o uso:

    Você não deve utilizar este medicamento caso possuir alergia a analgésicos semelhantes à dipirona, ao butilbrometo de escopolamina ou a algum outro componente do produto, como:

    - Isopropilamino

    - Propifenazona

    - Fenazona

    - Fenilbutazona

    Isto inclui, por exemplo, o desenvolvimento de agranulocitose (febre, dor de garganta ou alteração da boca e garganta, associados a ausência ou diminuição de células brancas no sangue) após o uso destas substâncias.

    O uso também não é indicado se tiver asma induzida por analgésicos, ou se desenvolver reações anafilactóides (manifestações na pele e inchaço dos lábios, língua e garganta) ou broncoespasmo (estreitamento das vias respiratórias) após tomar analgésicos.

    Você também não deve usá-lo caso existir comprometimento da medula óssea ou comprometimento no sistema formador de elementos do sangue; deficiência genética da enzima glicose-6-fosfatodesidrogenase, tendo risco aumentado de alterações do sangue; porfiria hepática aguda intermitente; glaucoma; aumento da próstata com dificuldade para urinar; estreitamento da passagem do conteúdo no estômago e intestinos; taquicardia; megacólon; miastenia gravis ou se estiver no terceiro trimestre de gravidez.

    O comprimido revestido também é contraindicado em condições hereditárias raras de intolerância à galactose.

    • Branta

      Branta

      0 apresentações
      sem oferta :(
      sem oferta :(