Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Benegrip: o medicamento exemplar para gripes e resfriados!

    Benegrip: o medicamento exemplar para gripes e resfriados!

    O medicamento benegrip é indicado para tratamento e alívio dos sintomas de gripes e resfriados – sendo esses febre, dores de cabeça, mal-estar e outros processos alérgicos.

    O que muitos não sabem, é que o medicamento em destaque, quando por indicação médica, pode tratar dos sintomas da dengue! Isso mesmo, ele alivia os sintomas de febre, dor muscular e outros incômodos provocados pela doença. Além disso, outros medicamentos como Paracetamol, Tylenol e Novalgina podem ser indicados para o tratamento de dengue – mas sempre com a indicação de um médico!

    Para torná-lo um medicamento muito potente e eficaz no que promete, benegrip é formado por uma associação de outras substâncias muito conhecidas por seus resultados rápidos, como a dipirona– sendo um antipirético e analgésico – o maleato de clorfeniramina, com sua ação antialérgica e a cafeína como principal estimulante!

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!


    O que é

    Benegrip atua elevando a tolerância a dor e a febre, desempenhando uma atividade antialérgica potente nos processos gripais, descongestionando o nariz e reduzindo a coriza do paciente. Além disso, pode estimular o sistema nervoso central, mesmo que suavemente, fazendo com que haja a sensação de bem-estar logo após o efeito agir no organismo. O tempo de início da ação do medicamento pode ser visto de 30 a 60 minutos após a ingestão.

    O medicamento em destaque é composto por dois tipos de comprimidos – sendo eles amarelos e verdes, que apresentam composições diferentes conforme sua cor!

    Cada comprimido amarelo de benegrip contém os excipientes: lactose, celulose microcristalina, dióxido de silício, estearato de magnésio, talco, copolímero metacrilato, álcool isopropílico, dióxido de titânio, corantes CI nº 19.140 e CI nº 15.985 e polietilenoglicol 6000.

    Cada comprimido verde do medicamento em destaque contém os excipientes: lactose, celulose microcristalina, dióxido de silício, estearato de magnésio, talco, copolímero metacrilato, álcool isopropílico, dióxido de titânio, corantes CI nº 19.140 e CI nº 73.015 e polietilenoglicol 6000.

    Lembre-se, o medicamento em destaque deve ser administrado junto a um médico – pois ele irá ditar a redução ou aumento da dosagem de acordo com o tratamento. Procure o melhor profissional da área da saúde para atendê-lo aqui!


    Interações medicamentosas

    Medicamento – Medicamento

    Este medicamento não deve ser ingerido se você está em tratamento com outros medicamentos tipo imunossupressores (ciclosporina), pois estes podem ter sua eficácia reduzida.

    Também não deve ser administrado se você está em tratamento com a substância clorpromazina (medicamento para esquizofrenia, depressão e ansiedade), pois pode ocorrer hipotermia grave (queda da temperatura do corpo).

    Não deve ser ingerido com medicamentos usados para combater a depressão e a ansiedade, pois estes podem ter seus efeitos aumentados como depressores do sistema nervoso central, causando grande sonolência e depressão.

    Este medicamento não deve ser ingerido simultaneamente com outros medicamentos que estimulam o sistema nervoso central ou mesmo bebidas que contenham estimulantes, pois podem potencializar o efeito da cafeína, provocando grande estado de excitação.

    Medicamento – Substância Química

    Este medicamento, por conter dipirona, não deve ser ingerido com bebidas alcoólicas, porque o efeito do álcool pode ser potencializado.


    Nomes Comerciais

    Este medicamento pode ser visto sob a forma genérica ou através dos nomes comerciais a seguir:

    - Gripenew;

    - Nogripe.


    Formas de tomar

    A posologia do medicamento mencionado no artigo depende da idade e do tipo de sintoma do paciente:

    Recomenda-se ingerir simultaneamente 1 comprimido verde e 1 comprimido amarelo, administrados até 4 vezes ao dia. Não se deve ultrapassar 4 comprimidos verdes e amarelos por dia!

    Esse medicamento deve ser utilizado até que possa ser observado o alívio dos sintomas de gripes e resfriados, sempre respeitando o tipo de tratamento e a dosagem recomendada por um médico! Quando é necessário o uso por períodos de tempo maiores, deve-se conversar com o profissional da saúde quanto a orientação.


    Efeitos colaterais

    Os efeitos colaterais que podemos observar após a ingestão do medicamento em destaque incluem tonturas, zumbidos, fadiga, ataxia, visão curta, euforia, visão dupla, nervosismo, tremores, insônia, vômitos, náusea, desconforto abdominal, perda de apetite, prisão de ventre e diarreia.

    Alguns efeitos mais raros são boca seca, tosse, retenção de urina ou diminuição da frequência urinária, dificuldade para urinar,pressão baixa, cefaleia, palpitações, formigamento, sensação de pressão no peito, agitação, delírio, músculos trêmulos e tensos, respiração acelerada e taquicardia.


    Contraindicações

    O medicamento benegrip é contraindicado para pacientes menores de 12 anos e pacientes que apresentem hipersensibilidade a qualquer um dos componentes presentes na fórmula. Não é recomendado o uso simultâneo do medicamento em destaque junto a álcool, e com medicamentos para dores de grande intensidade – como codeína, morfina e meperidina.

    Pacientes que apresentam úlcera gastroduodenal não devem fazer uso do medicamento em destaque. Também não deve ser ingerido medicamento inibidores de monoaminoxidase, que são substância para tratar de depressão e doenças similares! Benegrip não deve ser administrado com outros anti-inflamatórios como nimesulida, diclofenaco de sódio e diclofenaco de potássio.

    Recomenda-se não administrar a dipirona em pacientes que possuem glaucoma de ângulo fechado, inflamação nos rins crônica, alteração nas células do sangue, asma, infecção respiratória crônica e que possuem quadros clínicos graves de comprometimento cardiocirculatório – pois, nesses casos, o indivíduo pode desenvolver algum tipo de choque. Em pacientes com deficiência no fator de coagulação sanguínea, a dipirona pode agravar a tendência a sangramentos.

    É contraindicado o uso da dipirona em pacientes no período de 3 meses de gestação e nas últimas seis semanas da mesma. Durante o período de lactação o uso está condicionado à absoluta necessidade e sob orientação médica. Em pacientes com distúrbios hematopoiéticos (formação de células do sangue), a dipirona somente deve ser administrada sob controle médico. Durante o tratamento pode-se observar uma coloração avermelhada na urina que desaparece com a descontinuação do tratamento, devido à excreção do ácido rubazônico, não tendo, portanto, nenhum significado toxicológico ou clínico.