Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Besilato De Atracúrio: confira sua bula simplificada!

    Besilato De Atracúrio: confira sua bula simplificada!

    Besilato De Atracúrio é um medicamento usado em conjunto com anestesias durante procedimentos cirúrgicos.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DO MEDICAMENTO BESILATO DE ATRACÚRIO

    • Cetoconazol

      Cetoconazol

      43 apresentações
      R$ 4,46
      R$ 4,46


    O que é

    É usado como adjuvante da anestesia geral para facilitar a intubação endotraqueal e propiciar o relaxamento da musculatura esquelética ou a ventilação controlada durante cirurgia.

    É indicado também para facilitar a ventilação mecânica em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nossos ite!


    Interações medicamentosas

    É possível aumentar o bloqueio neuromuscular produzido por este medicamento com o uso concomitante de anestésicos inalatórios, como halotano, isoflurano e enflurano.

    Assim como ocorre com todos os outros agentes bloqueadores neuromusculares não despolarizantes, a magnitude e/ou a duração de Besilato de atracúrio podem ser aumentadas como resultado da interação com:

    • Antibióticos:

    Inclusive aminoglicosídeos, polimixinas, espectinomicinas, tetraciclinas, lincomicina e clindamicina.

    • Drogas antiarrítmicas:

    Propranolol, bloqueadores de canais de cálcio, lidocaína, procainamida e quinidina.

    • Diuréticos:

    Furosemida e, possivelmente, manitol, diuréticos tiazídicos e acetazolamida.

    • Outras drogas:

    Sulfato de magnésio e quetamina, sais de lítio e agentes bloqueadores ganglionares, como trimetafano e hexametônio. Certas drogas podem, raramente, agravar ou desencadear miastenia gravis latente ou induzir à síndrome miastênica; o aumento da sensibilidade a este fármaco seria a consequência do desenvolvimento dessas condições.

    Tais medicamentos incluem vários antibióticos, β-bloqueadores (propranolol e oxprenolol), agentes antiarrítmicos (procainamida e quinidina), antirreumáticos (cloroquina e penicilamina D), trimetafano, clorpromazina, esteroides, fenitoína e lítio.

    O início do bloqueio neuromuscular não despolarizante pode ser prolongado e sua duração reduzida nos pacientes submetidos à terapia anticonvulsivante crônica. A administração de combinações de agentes bloqueadores neuromusculares não despolarizantes e de Besilato de atracúrio pode produzir um grau de bloqueio neuromuscular maior que o esperado quando se administra uma dose total equipotente deste medicamento.

    Qualquer efeito sinérgico varia entre diferentes combinações de drogas. Não se deve administrar relaxantes musculares despolarizantes, como cloreto de suxametônio, com a finalidade de prolongar o efeito bloqueador neuromuscular de agentes não despolarizantes, como o atracúrio, uma vez que isso pode resultar em bloqueio prolongado e complexo, de difícil reversão com medicamentos anticolinesterase.

    Tratamentos com agentes anticolinesterase comumente usados no manejo do mal de Alzheimer (como donepezila) podem reduzir a duração e diminuir a taxa do bloqueio neuromuscular obtido com atracúrio.


    Formas de tomar

    Instruções de uso:

    O medicamento deve ser utilizado conforme prescrição médica. O volume disponível em cada unidade não pode ser inferior ao volume declarado.

    Para retirada do conteúdo total do medicamento deve-se aspirar o volume, podendo permanecer solução remanescente na ampola devido à presença de um excesso mínimo para permitir a retirada e administração do volume declarado. Assim como ocorre com todos os bloqueadores neuromusculares, o monitoramento da função neuromuscular é recomendado durante o uso deste fármaco, a fim de individualizar a dose necessária.

    Posologia:

    Uso em adultos (bolus):

    Deve ser administrado por injeção intravenosa. A faixa de dosagem para adultos é de 0,3 a 0,6 mg/kg (conforme o tempo de duração do bloqueio completo) e promove relaxamento adequado pelo período de 15 a 35 minutos. Pode-se efetuar a intubação endotraqueal em 90 segundos após a injeção intravenosa de 0,5 a 0,6 mg/kg.

    O bloqueio completo pode ser prolongado com doses suplementares de 0,1 a 0,2 mg/kg conforme a necessidade.

    Eventuais doses suplementares sucessivas não resultam em aumento acumulativo do efeito bloqueador neuromuscular. A recuperação espontânea, após o final do bloqueio completo, ocorre em cerca de 35 minutos conforme mensuração feita pela restauração da resposta tetânica a 95% da função neuromuscular normal.

    O bloqueio neuromuscular completo produzido por este medicamento pode ser rapidamente revertido com administração de doses padrão de agentes anticolinesterase, como neostigmina e edrofônio, acompanhados ou precedidos de atropina, sem evidência de recurarização.

    Uso em adultos (infusão):

    Após uma dose inicial em bolus de 0,3 a 0,6mg/kg, pode-se usar para manter o bloqueio neuromuscular durante longos procedimentos cirúrgicos pela administração contínua, a taxas de 0,3 a 0,6mg/kg/hora, por infusão. Este medicamento pode ser administrado durante cirurgia cardiopulmonar nas taxas de infusão recomendadas.

    A indução de hipotermia para atingir a temperatura corporal de 25ºC a 26ºC reduz a taxa de inativação do atracúrio. Por isso, deve-se manter o bloqueio neuromuscular completo com aproximadamente a metade da taxa de infusão original nessas condições de temperatura. A compatibilidade de Besilato de atracúrio com as soluções de infusão e o período de estabilidade da solução resultante estão discriminados.

    Uso em crianças:

    A dose para crianças maiores de 1 mês de idade é a mesma para adultos (de acordo com o peso corporal).

    Uso em idosos:

    A dose para pacientes idosos é a mesma indicada para adultos. Recomenda-se, entretanto, que a dose inicial seja a menor da faixa posológica, administrando-se o medicamento lentamente. Uso em pacientes com insuficiência renal e/ou hepática deve ser usado na dosagem padrão em todos os níveis de função renal ou hepática, inclusive no estágio final de falência.

    Uso em pacientes com doenças cardiovasculares:

    Para os pacientes portadores de doença cardiovascular clinicamente significativa, a dose inicial deve ser administrada durante um período superior a 60 segundos.

    Uso em pacientes internados em UTI:

    Após uma dose inicial opcional em bolus na faixa de 0,3 a 0,6 mg/kg, pode ser usado para manutenção do bloqueio neuromuscular em infusão contínua entre 11 e 13mcg/kg/min (0,65 - 0,78 mg/kg/h). Entretanto, há uma grande variabilidade entre os pacientes nas doses necessárias.

    As doses necessárias podem se alterar com o tempo. Taxas de infusão baixas como 4,5 mcg/kg/min (0,27 mg/kg/h) ou altas como 29,5 mcg/kg/min (1,77 mg/kg/h) são requeridas para alguns pacientes. A taxa de recuperação espontânea para bloqueio neuromuscular após infusão em pacientes internados em UTI é independente da duração da administração.

    Pode-se esperar que ocorra recuperação espontânea a uma razão maior que 0,75 em estimulação em salva de 4 estímulos (razão da amplitude do 4º em relação ao 1º abalo numa salva de quatro estímulos) em aproximadamente 60 minutos. Uma faixa de 32 - 108 minutos tem sido observada nos estudos clínicos.

    Monitoração:

    Assim como ocorre com todos os agentes bloqueadores neuromusculares, recomenda-se a monitoração da função neuromuscular durante o uso deste fármaco para individualizar as dosagens requeridas.


    Efeitos colaterais

    O Besilato De Atracúrio pode causar alguns efeitos colaterais, os mais comuns são:

    Consulte um médico se algum destes sintomas for grave e/ou não desaparecer.


    Gravidez

    Estudos indicam que este fármaco não tem efeitos significativos no desenvolvimento fetal. Assim como outros agentes bloqueadores neuromusculares, este medicamento deve ser usado durante a gravidez somente se o benefício para a mãe for superior ao risco potencial para o feto.

    Este medicamento é adequado para a manutenção do relaxamento muscular durante cesarianas por não atravessar a placenta em quantidades clinicamente significativas nas doses recomendadas.

    Não existem dados disponíveis sobre a influência do medicamento em destaque na fertilidade humana nem sobre sua excreção no leite materno, por isso, não amamente durante o tratamento com este medicamento e avise o seu médico caso suspeite de uma gravidez.


    Contraindicações

    O uso deste medicamento é contraindicado para pacientes com conhecida hipersensibilidade (alergia) aos seus componentes, ao atracúrio ou cisatracúrio.