Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Betacard Plus: seu aliado contra a pressão alta!

    Betacard Plus: seu aliado contra a pressão alta!

    Betacard Plus é um medicamento indicado para o controle da hipertensão (pressão alta). Seus princípios ativos são o Atenolol em conjunto com a Clortalidona.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DO MEDICAMENTO BETACARD PLUS

    • Maxsulid

      Maxsulid

      1 apresentações
      sem oferta :(
      sem oferta :(


    O que é

    É usado para tratar e controlar hipertensão em adultos.

    Contém 2 ingredientes ativos, que reduzem a pressão arterial quando usados continuamente. O atenolol age preferencialmente sobre os receptores localizados no coração e na circulação. A clortalidona aumenta a quantidade de urina produzida pelos rins.

    O efeito deste medicamento é mantido por no mínimo 24 horas após dose oral única diária.

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!


    Composição

    Apresentações:

    Comprimidos 50 mg + 12,5 mg:

    Embalagens com 30 comprimidos.

    Comprimidos 100 mg + 25 mg:

    Embalagens com 30 comprimidos.

    Uso oral.

    Uso adulto.

    Composição:

    Cada comprimido de Betacard Plus 50 mg + 12,5 mg contém:

    Atenolol…………………………………...50 mg

    Clortalidona……………………………....12,5 mg

    Excipientes: carbonato de cálcio, amido, dióxido de silício (coloidal), povidona, laurilsulfato de sódio, crospovidona, estearato de magnésio, talco, celulose microcristalina.

    Cada comprimido de Betacard Plus 100 mg + 25 mg contém:

    Atenolol…………………………………...100 mg

    Clortalidona…………………………….....25 mg

    Excipientes: carbonato de cálcio, amido, dióxido de silício (coloidal), povidona, laurilsulfato de sódio, crospovidona, estearato de magnésio, talco, celulose microcristalina.


    Interações medicamentosas

    Você deve ter cuidado ao utilizar este fármaco em conjunto com alguns medicamentos específicos, pois o resultado do tratamento pode ser alterado. Avise o seu médico se você estiver tomando:

    • Verapamil;

    • Diltiazem;

    • Diidropirinas (como nifedipino);

    • Glicosídeos digitálicos (como digoxina, digitoxina);

    • Clonidina;

    • Disopiramida;

    • Amiodarona;

    • Agentes simpatomiméticos (como adrenalina);

    • Inibidores da prostaglandina sintetase (como ibuprofeno ou indometacina);

    • Lítio;

    • Anestésicos.

    Podem ocorrer alterações nos resultados de exames laboratoriais referentes aos níveis de transaminases (avaliação da função do fígado) e, muito raramente, alteração nos exames imunológicos (anticorpos antinucleares – ANA).


    Nomes comerciais

    Este medicamento pode ser encontrado sob a forma genérica ou através dos nomes comerciais a seguir:

    • Ablok Plus;

    • Atenorese;

    • Tenoretic;

    • Angipress CD;

    • Atelidona;

    • Atenoclor;

    • Atenoric;

    • Diublok.


    Formas de tomar

    Instruções de uso:

    Este medicamento deve ser administrado por via oral, com água, de preferência no mesmo horário todos os dias.

    Não utilize este fármaco se estiver em jejum por tempo prolongado.

    Posologia:

    • Adultos:

    A dose recomendada de Atenolol Clortalidona 50 mg 12,5 mg ou de Atenolol Clortalidona 100 mg 25 mg é de 1 comprimido ao dia.

    A maioria dos pacientes com hipertensão apresentará uma resposta satisfatória com a dose diária de 1 comprimido de Atenolol Clortalidona 100 mg 25 mg. Há pouca ou nenhuma queda adicional na pressão arterial com o aumento de dose, mas, quando necessário, pode-se adicionar outro medicamento anti-hipertensivo, como um vasodilatador.

    • Idosos:

    Pacientes idosos geralmente respondem a doses menores.

    Pacientes idosos com hipertensão, que não respondem ao tratamento de baixas doses com único agente ou em casos em que as doses de ambos podem ser consideradas inapropriadas, devem apresentar uma resposta satisfatória com 1 comprimido ao dia de Atenolol Clortalidona 50 mg 12,5 mg. Nos casos em que o controle da hipertensão não é alcançado, a adição de uma pequena dose de um terceiro agente, por exemplo, um vasodilatador, pode ser adequada.

    • Crianças:

    Não há experiência pediátrica com Atenolol Clortalidona e, por esta razão, não é recomendado o uso em crianças.

    • Insuficiência Renal:

    É necessária cautela na administração em pacientes com insuficiência renal grave, podendo ser necessária uma redução na dose diária ou na frequência de administração das doses.

    Se o paciente se esquecer de tomar uma dose deste medicamento, deve tomá-la assim que lembrar, mas o paciente não deve tomar duas doses ao mesmo tempo.


    Precauções

    O que devo saber antes de utilizar este medicamento?

    Este fármaco deve ser utilizado com cuidado em pacientes nas seguintes situações:

    • Insuficiência cardíaca controlada (compensada).

    • Que sofrem de um tipo particular de dor no peito (angina), chamada de angina de Prinzmetal.

    • Problemas na circulação arterial periférica (nas extremidades).

    • Bloqueio cardíaco de primeiro grau (tipo de arritmia que causa bloqueio de impulsos elétricos para o coração).

    • Portadores de diabete, pois este medicamento pode modificar a taquicardia (frequência cardíaca) da hipoglicemia (baixos níveis de glicose no sangue), pode mascarar os sinais de tireotoxicose (problemas na tireoide) e diminuir a tolerância à glicose (relacionado à clortalidona).

    • Que sofrem de doença do coração isquêmica (exemplos: angina e infarto), este medicamento não deve ser descontinuado abruptamente.

    • Problemas pulmonares, como asma ou falta de ar.

    • Idosos, que estejam recebendo digitálicos, em dieta especial (com baixo teor de potássio) ou que apresentem problemas gastrointestinais, pois atenolol clortalidona pode ocasionar hipocalemia (redução dos níveis de potássio no sangue).

    Este medicamento pode causar uma reação mais grave a uma variedade de alérgenos (substância capaz de provocar uma reação alérgica) quando administrado a pacientes com história de reação anafilática (reação alérgica violenta) a tais alérgenos.

    Alteração na capacidade de dirigir veículos ou operar máquinas:

    Não se espera que este fármaco afete a capacidade de dirigir veículos e operar máquinas. Entretanto, alguns pacientes podem, ocasionalmente, apresentar tontura ou cansaço.

    ATENÇÃO: Este medicamento pode causar doping!


    Efeitos colaterais

    O Betacard Plus costuma ser bem tolerado, porém também pode causar alguns efeitos colaterais, os mais comuns são:

    • Batimentos lentos do coração;

    • Mãos e pés frios;

    • Alterações gastrointestinais (incluindo náusea relacionada à clortalidona);

    • Cansaço;

    • Hiperuricemia (aumento da concentração do ácido úrico no sangue);

    • Hiponatremia;

    • Hipocalemia (redução dos níveis de sódio e potássio no sangue, respectivamente);

    • Comprometimento da tolerância à glicose.

    Consulte um médico se algum destes sintomas for grave e/ou não desaparecer.


    Gravidez

    Este fármaco não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.


    Contraindicações

    O uso deste medicamento não é recomendado em pacientes nas seguintes situações:

    • Conhecida hipersensibilidade ao atenolol, à clortalidona ou a qualquer outro componente presente na formulação;

    • Bradicardia;

    • Choque cardiogênico;

    • Hipotensão;

    • Acidose metabólica;

    • Distúrbios graves da circulação arterial periférica;

    • Bloqueio cardíaco de segundo ou terceiro grau;

    • Síndrome do nodosinusal;

    • Feocromocitoma não tratado;

    • Insuficiência cardíaca descompensada;

    • Durante a gravidez ou a lactação.