Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Bio Vagin: trate efetivamente dos corrimentos e infecções vaginais!

    Bio Vagin: trate efetivamente dos corrimentos e infecções vaginais!

    O medicamento bio vagin é indicado para o tratamento de infecções genitais e corrimentos.

    • Proctosan Pomada 20 G 1 Aplicadores

      Proctosan Pomada 20 G 1 Aplicadores

      1 apresentações
      R$ 11,62
      R$ 11,62

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!

    O que é

    Bio vagin apresenta em sua formulação uma associação de agentes potentes – como o benzoilmetronidazol, a nistatina e o cloreto de benzalcônio. Juntos, eles possuem uma ação eficaz contra infecções causadas por Gardnerella vaginalis, Candida albicans e Trichomonas vaginalis; sendo esses os principais agentes causadores dos corrimentos genitais, como tricomoníase, vaginose bacteriana e candidíase.

    Os excipientes presentes na fórmula de bio vagin são: álcool cetoestearílico, cera emulsificante não-iônica, petrolato líquido, lanolina, metilparabeno, propilparabeno, água de osmose reversa.

    Lembre-se, o medicamento em destaque deve ser administrado junto a um médico – pois ele irá ditar a redução ou aumento da dosagem de acordo com o tratamento. Procure o melhor profissional da área da saúde para atendê-lo aqui!

    Interações medicamentosas

    Está contraindicado o uso de bebidas alcoólicas durante e até 3 dias após o tratamento com o medicamento em destaque.

    Bebidas alcoólicas e medicamentos que contenham álcool e propilenoglicol na sua formulação não devem ser utilizados durante e até 3 dias após o uso do medicamento em destaque. O uso concomitante pode causar sintomas como cólicas abdominais, náuseas, vômitos, dores de cabeça e vermelhidão facial.

    Quando utilizado ao mesmo tempo ou até duas semanas depois do uso de dessulfuram, este medicamento pode causar sintomas psicóticos e confusão mental.

    Caso você faça uso de anticoagulante oral a base de varfarina, pode haver um aumento do seu efeito anticoagulante com o uso do medicamento.

    O uso de lítio juntamente com o medicamento em destaque pode causar sintomas de toxicidade como fraqueza, diarreia, confusão mental e vômitos.

    Cremes vaginais com nistatina em sua formulação, como é o caso do medicamento em destaque pode danificar preservativos a base de látex.

    Nomes Comerciais

    Este medicamento pode ser visto sob a forma genérica ou através dos nomes comerciais a seguir:

    • Colpist MT;

    • Kolpitrat;

    • Tricolplex.

    Formas de tomar

    A posologia do medicamento mencionado no artigo depende da idade e do quadro clínico do paciente:

    Antes de usar o medicamento, verifique na embalagem ou bula a forma correta de aplicá-lo sem consequências desagradáveis.

    Recomenda-se introduzir um aplicador cheio profundamente na vagina– sendo a posologia aproximada de 4 g – todas as noites, durante um período de 10 dias.

    Efeitos colaterais

    Os efeitos colaterais mais comuns por conta da administração de bio vagin incluem sintomas de dor de cabeça, diarreia, corrimento vaginal, coceira vaginal, perda de apetite, desconforto abdominal, náuseas e ardor genital.

    Em casos mais raros, foram observadas lesões na pele, coceira, síndrome de Steven-Johnson e vermelhidão na pele.

    Contraindicações

    O medicamento bio vagin é contraindicado para pacientes que possuem hipersensibilidade ao seu princípio ativo ou qualquer outra substância presente na fórmula do produto.

    Além disso, ele não é recomendado para pacientes que fazem ou fizeram uso de álcool ou preparações que contenham propilenoglicol até 3 dias antes da administração do fármaco; pacientes que fizeram uso de dissulfiram até 2 semanas que antecederam o uso da medicação; mulheres no primeiro trimestre de gestação.

    Características Farmacológicas

    O metronidazol é uma substância nitroimidazólica com propriedades tanto bactericidas como antiprotozoárias (tricomonicida). Sua metabolização é hepática e sua excreção é fecal em administrações de uso vaginal. A absorção dessa droga por via vaginal é muito pequena. A absorção do metronidazol gel 0,75% na dosagem de 5 g produziu uma variação de Cmáx nos valores de 0,2 a 0,3 mg/L com um Tmáx de 8,3 a 8,5 horas, enquanto a absorção do creme intravaginal produziu uma Cmáx de 1,86 mg/L. A meia vida biológica do metronidazol varia de 6 a 14 horas. A biodisponibilidade do metronidazol por via vaginal é de 56%.

    A nistatina, uma substância fungistática e fungicida, que apresenta início de ação em torno de 24 a 72 horas. A absorção tópica da nistatina é mínima; age ligando-se à membrana citoplasmática do fungo e é eliminada pelas fezes.

    O cloreto de benzalcônio é um surfactante catiônico de amônio quaternário com propriedades antissépticas e de rápido efeito no uso tópico; apresenta uma duração de ação moderadamente longa e sua provável ação é por inativação enzimática bacteriana. Seu espectro de ação germicida abrange variadas bactérias e fungos, incluindo protozoários.

    Em decorrência das ações das três substâncias presentes na sua formulação, o metronidazol, um potente bactericida e tricomonicida de ação direta; a nistatina, um antibiótico fungistático e fungicida contra todas as espécies de Candidas que infectam a espécie humana e o cloreto de benzalcônio, um germicida de amplo espectro, ativo contra microrganismos Gram-positivos e Gram-negativos, Benzoilmetronidazol + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio torna-se uma terapêutica eficaz de amplo espectro de ação no tratamento de infecções genitais.

    Resultados de Eficácia

    Em estudo comparando metronidazol oral ao metronidazol gel vaginal a 0,75%, 56 pacientes receberam terapia intravaginal duas vezes por dia durante cinco dias, e 56 receberam 500 mg de metronidazol por via oral duas vezes por dia por sete dias. Os tratamentos foram igualmente eficazes na cura da vaginose bacteriana, tanto na primeira visita de retorno (11-17 dias após o início da terapia), quanto na visita final (um mês após a terapia). As taxas de cura de 84% e 85% foram observadas no primeiro retorno para as pacientes tratadas com metronidazol intravaginal e oral, respectivamente. Na visita final, 71% das pacientes em cada grupo de tratamento foram consideradas curadas. A cura microbiológica, avaliada pela coloração de Gram, foi consistente com os achados clínicos. As taxas de recorrência também foram semelhantes para ambos os grupos de tratamento. No grupo tratado por via intravaginal, 79% das pacientes consideradas curadas no primeiro retorno permaneceram curadas na visita final, em comparação com 78% das doentes tratadas com metronidazol oral.

    Um estudo duplo-cego avaliou a eficácia e segurança do creme vaginal de nistatina em comparação com placebo para o tratamento de candidíase vulvovaginal. Foram selecionadas 50 mulheres com diagnóstico de vaginite por monília e divididas randomicamente em dos grupos de 25 cada. Cada paciente aplicou 5g de nistatina (100.000 UI/g) e 5 g de placebo. O resultado clínico foi significativamente melhor no grupo nistatina do que no grupo que recebeu placebo.

    • Proctosan Pomada 20 G 1 Aplicadores

      Proctosan Pomada 20 G 1 Aplicadores

      1 apresentações
      R$ 11,62
      R$ 11,62