Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Candicort: conheça mais sobre esse medicamento e suas indicações!

    Candicort: conheça mais sobre esse medicamento e suas indicações!

    Como este medicamento funciona?

    Candicort é um medicamento para ser aplicado na pele (pomada). Age como anti-inflamatório (combate a inflamação) e contra a micose, uma infecção fúngica da pele que pode estar associada a inflamação.

    Indicação

    Este medicamento é destinado ao tratamento de micoses (doenças inflamatórias da pele) que foram afetadas ou possam ser afetadas por fungos ou leveduras.

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!

    Apresentação

    Pomada dermatológica 20 mg + 0,64 mg: bisnaga de 30 g

    Uso tópico (na pele) - NÃO INGERIR!

    Uso adulto e pediátrico.

    Composição

    Cada g da pomada dermatológica contém:

    • Cetoconazol: 20 mg
    • Dipropionato de betametasona (equivalente a 0,5 mg de betametasona): 0,64 mg

    Excipientes: base de petrolato e polietileno.

    • Ibuprofeno

      Ibuprofeno

      47 apresentações
      R$ 2,50
      R$ 2,50

    Características farmacológicas

    Candicort é um produto de uso local que possui atividade anti-inflamatória e antimicótica. Cada grama de Candicort creme contém 0,64 mg de dipropionato de betametasona, equivalente a 0,5 mg de betametasona, um corticosteroide sintético fluorado para uso dermatológico.

    O dipropionato de betametasona, corticosteroide tópico é eficaz no tratamento de dermatoses sensíveis a corticoides, principalmente devido a sua ação anti-inflamatória, antipruriginosa e vasoconstritora. A absorção sistêmica da betametasona, quando usada topicamente, é em torno de 12 a 14% da dose e sua meia-vida de eliminação é de 5,6 horas.

    O cetoconazol, presente na fórmula na concentração de 2%, é uma substância antimicótica sintética de amplo espectro que inibe in vitro o crescimento de dermatófitos (ex.: Trichophyton, Microsporum e Epidermophyton) e leveduras mais comuns (ex.: Candida albicans), pela alteração da permeabilidade da membrana celular dos mesmos.

    Quando não usar este medicamento

    Candicort não deve ser usado em pacientes que apresentam alergia a quaisquer componentes do medicamento.

    Este fármaco não deve ser utilizado em determinadas infecções da pele, tais como: varicela (catapora), herpes simples ou zoster, tuberculose cutânea ou sífilis cutânea. 

    ATENÇÃO: Procure orientação médica caso você tenha alguma destas doenças antes de usar o medicamento.

    Informações que você deve saber antes de usar este medicamento

    • Durante o tratamento com Candicort, você não deve usar cosméticos sobre a área da pele tratada;
    • Se ocorrer irritação no local onde o produto foi aplicado, procure orientação médica, pois somente o médico poderá avaliar a evolução do tratamento e decidir quando e como o tratamento deve ser descontinuado;
    • Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista;
    • Este medicamento não deve ser usado durante a amamentação, exceto sob orientação médica;
    • Este medicamento não deve ser usado em áreas extensas, em grande quantidade e por períodos maiores que 2 semanas;
    • Em crianças menores de 12 anos, devem ser utilizadas pequenas quantidades de candicort se houver necessidade;
    • Adultos e crianças não devem usar mais que 45 gramas por semana;
    • Não há contraindicação relativa a idade (faixas etárias);
    • Evite a ingestão de bebida alcoólica durante o tratamento.

    Interações medicamentosas

    Não existe prova suficiente de que outros medicamentos causem modificações importantes no efeito habitual deste medicamento. Porém, podem surgir algumas interações com certos medicamentos, se utilizados durante o tratamento com candicort, dentre eles estão medicamentos prejudiciais ao fígado: ciclosporinas, famotidina, isoniazida, rifampicina, fenitoína, terfenadina, indinavir, saquinavir, ritonavir e cisaprida. Além também dos medicamentos anticoagulantes tais como o dicumarol.

    Como, onde e por quanto tempo você pode guardar este medicamento?

    Candicort pomada se apresenta como uma massa homogênea, branca, livre de impurezas visíveis. A pomada tem odor (cheiro) característico.

    Conservar em temperatura ambiente (15 – 30°C). Proteger da luz e umidade.

    Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

    Não use medicamento com o prazo de validade vencido, e guarde-o em sua embalagem original.

    ATENÇÃO: Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

    Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças!

    Como usar este medicamento?

    Este medicamento deve ser utilizado apenas sob orientação médica.

    A via de administração é a pele (uso tópico).

    O produto deve ser aplicado somente na pele. Não usar de outra maneira (por via de administração não recomendada), pois pode causar riscos.

    A aplicação em outras áreas que não seja a pele, como por exemplo, os olhos e mucosas (boca, vagina e ânus) pode causar reações adversas (efeitos não desejados) e não trazer benefícios.

    Aplicação

    Aplique uma fina camada da pomada sobre a área afetada da pele, 1 vez ao dia. Em casos mais graves ou conforme orientação médica, pode ser necessária a aplicação 2 vezes ao dia.

    Instruções para abrir a bisnaga

    1. Para sua segurança, esta bisnaga está bem lacrada. Esta embalagem não requer o uso de objetos cortantes;
    2. Agite a bisnaga antes de perfurar o lacre, visando diminuir a pressão de ar no momento de abertura;
    3. Retire a tampa da bisnaga;
    4. Com a parte pontiaguda superior da tampa, perfure o lacre da bisnaga.

    O que fazer caso você esqueça de usar este medicamento?

    Retomar o tratamento com o medicamento até o alívio dos sinais e sintomas da doença.

    Quais males este medicamento pode causar

    A literatura cita as seguintes reações adversas, sem frequência conhecidas:

    Ardência, coceira, irritação, ressecamento, foliculites (são infecções bacterianas que se iniciam no folículo piloso, podendo acometer qualquer área com pelos, inclusive o couro cabeludo), hipertricose (desenvolvimento anormal de pelos numa região que não os tem ou que normalmente só apresenta uma penugem), dermatite perioral, maceração cutânea, infecção secundária, atrofia cutânea, dermatite de contato, miliária e/ou estrias.

    ATENÇÃO: Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

    Caso você esteja sentindo algum dos sintomas citados anteriormente, encontre um médico para tratar adequadamente do seu problema de saúde aqui.

    Superdose

    A aplicação exagerada sobre a pele pode levar a vermelhidão, inchaço e sensação de queimação que desaparecerão quando o tratamento for suspenso (descontinuado).

    Em caso de uso excessivo e/ou ingestão acidental, cuidados devem ser tomados, tais como: entrar imediatamente em contato com seu médico ou procurar um. pronto-socorro, informando a quantidade utilizada, horário da utilização e os sintomas.