Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Carvegran: um aliado no tratamento da insuficiência cardíaca!

    Carvegran: um aliado no tratamento da insuficiência cardíaca!

    Carvegran promove a dilatação dos vasos sanguíneos, através do bloqueio do sistema chamado renina-angiotensina-aldosterona. Assim, ocorre diminuição da pressão arterial. Em voluntários sadios, a concentração sérica máxima é alcançada em, aproximadamente, uma hora.

    • Aixa

      Aixa

      1 apresentações
      R$ 33,98
      R$ 33,98

    COMPARE OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO AQUI!

    Indicação

    Esta é uma medicação usada para tratar insuficiência cardíaca congestiva (insuficiência do coração), angina do peito (dor no peito de origem cardíaca) e hipertensão arterial (pressão alta).

    Apresentação do medicamento

    Formato e embalagens

    Comprimidos de 6,25; 12,5 ou 25 mg.

    Embalagens contendo 15, 30, 60, 80*, 90**, 300*, 450* e 500* comprimidos. *Embalagem Hospitalar.

    ** Embalagem Fracionável.

    Uso

    Administração via oral.

    Indicado apenas ao uso adulto.

    Composição

    Versão 6,5 mg

    Cada comprimido contém:

    Carvedilol → 6,5 mg.

    Excipientes em 1 comprimido → Lactose monoidratada, povidona, crospovidona, sacarose, dióxido de silício, estearato de magnésio, óxido de ferro amarelo e estearil fumarato de sódio.

    Versão 12,5 mg

    Cada comprimido contém:

    Carvedilol → 12,5 mg.

    Excipientes em 1 comprimido → Lactose monoidratada, povidona, crospovidona, sacarose, dióxido de silício, estearato de magnésio, óxido de ferro vermelho, óxido de ferro amarelo e estearil fumarato de sódio.

    Versão 25 mg

    Cada comprimido contém:

    Carvedilol → 25 mg.

    Excipientes em 1 comprimido → Lactose monoidratada, povidona, crospovidona, sacarose, dióxido de silício, estearato de magnésio e estearil fumarato de sódio.

    Contraindicações

    Você não pode usar Carvegran se apresentar alergia ao carvedilol ou a qualquer componente da formulação, ou se possuir uma das doenças a seguir:

    • Insuficiência cardíaca descompensada/instável necessitando medicamento intravenoso para aumentar a força do coração, insuficiência do fígado;

    • Arritmias cardíacas (irregularidades do ritmo cardíaco);

    • Asma brônquica ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) associada à broncoespasmo (contração dos brônquios);

    • Bloqueio atrioventricular (bloqueio dos impulsos nervosos no coração) de 2º ou 3º grau (a menos que tenha um marca-passo permanente);

    • Ritmo cardíaco abaixo de 50 batimentos por minuto);

    • Síndrome do nó sinusal (incluindo bloqueio sinoatrial);

    • Choque cardiogênico (queda acentuada da pressão por problema cardíaco);

    • Pressão arterial muito baixa (pressão arterial sistólica < 85 mmHg).

    Gravidez

    ATENÇÃO: Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

    Uso pediátrico

    ATENÇÃO: Este medicamento é contra indicado para menores de 18 anos.

    Interações medicamentosas

    Interações farmacocinéticas

    Efeitos do Carvegran na farmacocinética de outras drogas

    Esta medicação interfere na glicoproteína P, responsável pelo transporte de uma série de fármacos na parede intestinal e em outros órgãos. Por isso, a quantidade de alguns fármacos pode aumentar exageradamente ou a concentração do próprio carvedilol pode ser modificada quando são administrados em conjunto.

    Digoxina e ciclosporina

    Este medicamento pode aumentar a concentração plasmática de digoxina e ciclosporina oral. Recomenda-se monitoração próxima dos níveis de digoxina e ciclosporina para ajuste adequado das doses.

    Efeitos de outras drogas na farmacocinética de Carvegran

    Inibidores, bem como indutores de determinadas enzimas do fígado podem modificar o metabolismo de carvedilol, levando a concentrações plasmáticas aumentadas ou diminuídas de R e S-carvedilol. Alguns exemplos observados em pacientes ou em indivíduos saudáveis são apresentados a seguir.

    Rifampicina

    Houve diminuição do efeito do medicamento na pressão sistólica durante o uso concomitante de rifampicina.

    Cimetidina

    A probabilidade de interações clinicamente significativas é mínima.

    Amiodarona, fluoxetina e paroxetina

    A eliminação de Carvegran pode ser inibida por uso concomitante de amiodarona e fluoxetina, porém, sem efeito clínico.

    Interações farmacodinâmicas

    Insulina ou hipoglicemiantes orais

    Pode haver aumento do efeito hipoglicemiante de insulina e antidiabéticos orais. Sinais de hipoglicemia podem ser mascarados/ atenuados (especialmente taquicardia). Deve-se monitorar a glicemia em pacientes recebendo insulina ou antidiabéticos orais juntamente comCarvegran.

    Agentes depletores de catecolaminas

    Sinais de hipotensão e/ou bradicardia grave em pacientes em uso com o medicamento tema deste texto e fármacos que possam depletar catecolaminas (por exemplo, reserpina e inibidores de monoamino oxidase).

    Digoxina

    O uso combinado desta medicação e digoxina pode prolongar o tempo de condução atrioventricular.

    Bloqueadores do canal de cálcio não diidropiridina, amiodarona ou outros antiarrítmicos

    Em combinação com Carvegran, podem aumentar o risco de distúrbios de condução atrioventricular. Se o Carvegran for administrado por via oral com bloqueadores do canal de cálcio não diidropiridina do tipo verapamil ou diltiazem, amiodarona ou outros antiarrítmicos recomenda-se o monitoramento do ECG (eletrocardiograma) e da pressão sanguínea.

    Clonidina

    A administração de clonidina associada ao medicamento tema deste texto pode potencializar os efeitos de redução de pressão sanguínea e frequência cardíaca.

    Anti-hipertensivos

    Esta medicação pode potencializar o efeito de outros fármacos com ação anti-hipertensiva (por exemplo, antagonistas de receptor alfa-1) ou que tenham hipotensão como parte de seu perfil de efeitos adversos.

    Agentes anestésicos

    Monitorar cuidadosamente os sinais vitais durante anestesia.

    AINEs

    O uso concomitante de anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) e bloqueadores beta adrenérgicos pode resultar em aumento de pressão arterial e menor controle da pressão arterial.

    Bronco dilatadores beta-agonistas

    Carvegran age de forma contrária aos medicamentos desta classe.

    ATENÇÃO: Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde!

    O que fazer caso você esqueça de usar este medicamento

    Você deve fazer tudo que for possível para tomar a medicação nos dias e horários que o seu médico orientou. Se por algum motivo se esquecer de tomar o medicamento, espere e tome a dose seguinte da maneira habitual.

    ATENÇÃO: Se você tiver se esquecido de tomar alguma dose, nunca dobre a dose seguinte, pois isso poderá aumentar a chance de você ter um efeito adverso!

    • Aixa

      Aixa

      1 apresentações
      R$ 33,98
      R$ 33,98

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!