Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Cefalina: saiba mais quais os benefícios deste medicamento!

    Cefalina: saiba mais quais os benefícios deste medicamento!

    O medicamento cefalina é considerado um analgésico e antiespasmódico – principalmente indicado para o tratamento de cólicas e de diversos tipos de dor de cabeça, incluindo enxaquecas.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO!

    • Secnidazol

      Secnidazol

      14 apresentações
      R$ 3,17
      R$ 3,17

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!


    O que é

    Cefalina tem como princípio ativo a ação da dipirona, do isometepteno e da cafeína.

    A dipirona atua na redução da sensibilidade para a dor. O isometepteno atua tanto na redução da dilatação dos vasos sanguíneos cerebrais contribuindo para a redução da dor, quanto na potencialização do efeito analgésico e antiespasmódico. A cafeína é um estimulante do sistema nervoso e apresenta uma ação vasoconstritora – diminuindo o calibre dos vasos sanguíneos – sobre as artérias cranianas, sendo útil no tratamento das dores de cabeça, especialmente das enxaquecas.

    O início de ação da cefalina ocorre entre 15 a 30 minutos após sua administração oral e permanece por 4 a 6 horas.

    Lembre-se, o medicamento em destaque deve ser administrado junto a um médico – pois ele irá ditar a redução ou aumento da dosagem de acordo com o tratamento. Procure o melhor profissional da área da saúde para atendê-lo!


    Interações medicamentosas

    Medicamento – Medicamento

    Você não deve tomar o medicamento em destaque junto com bebidas alcoólicas, nem com medicamentos que contenhamclorpromazina (usada no tratamento de doenças psiquiátricas) ou ciclosporina (usada em pacientes transplantados) A cafeína pode reduzir a ação sedativa dos ansiolíticos/benzodiazepínicos (medicamentos usados para dormir ou tratar ansiedade). Podem ocorrer reações hipertensivas (aumento da pressão arterial) com o uso juntamente com antidepressivos inibidores da monoaminoxidase (IMAOs) (Alguns remédios usados para tratar depressão).


    Nomes Comerciais

    Este medicamento pode ser visto sob a forma genérica ou através dos nomes comerciais a seguir:

    - Besodin;

    - Doralgina;

    - Dorsaldina;

    - Doridina;

    - Migranette;

    - Neosaldina;

    - Neralgyn;

    - Neosaldor;

    - Sedamed;

    - Sedol (Drágeas, comprimidos e gotas);

    - Sualiv;

    - Sedalgina;

    - Tensaldin.


    Formas de tomar

    A posologia do medicamento mencionado no artigo depende da idade e do peso do paciente:

    Recomenda-se uma dose de 1 a 2 comprimidos – em uma dose única – administrada a cada 6 horas ou então 4 vezes ao dia. É necessário não exceder o limite máximo diário de 8 comprimidos!


    Efeitos colaterais

    As reações adversas mais comuns por conta da administração de cefalina são alergias e reações na pele. Em casos de frequência desconhecida, pode haver reações alérgica grave junto com pressão baixa, alterações das células do sangue, aumento de batimentos do coração, irritabilidade hemorragia na pele e mucosas, febre alta, dificuldade para engolir, lesões inflamatórias na boca, região genital e anal, nariz e garganta.

    Em alguns pacientes, principalmente aqueles com histórico de doença nos rins, ou em casos de superdose, pode ocorrer diminuição temporária das funções dos rins e inflamação dos rins. Crises de asma podem ser observadas em pacientes propensos.


    Contraindicações

    O medicamento cefalina é contraindicado para pacientes que possuem hipersensibilidade ao seu princípio ativo ou a qualquer outro componente presente na fórmula do produto.

    Além disso, ele não é recomendado para pacientes que sofrem com crises de pressão alta; menores de 12 anos de idade; pessoas que tenham alteração nas qualidades do sangue ou na proporção de seus elementos constituintes ou de determinadas doenças metabólicas – como porfiria ou deficiência congênita da glicose-6-fosfatodesidrogenase.

    Não utilize o medicamento em destaque em dosagens mais altas e por períodos prolongados.


    Resultados de eficácia

    O uso combinado de analgésicos e adjuvantes, como a cafeína e o isometepteno que também possuem atividades antinociceptivas próprias, vem sendo cada vez mais considerado na terapia da dor, principalmente porque alguns tipos de dor não são fáceis de aliviar com os analgésicos convencionais.

    A atividade analgésica da dipirona está incontestavelmente comprovada através de vários estudos clínicos e das evidências proporcionadas pelo intenso uso em várias décadas, e uma revisão do seu uso em cefaleias primárias agudas permitiu a conclusão que a dipirona é efetiva no tratamento das crises de cefaleia tensionais e de enxaquecas, sem que se observe uma incidência importante de eventos adversos sérios nem de agranulocitose.

    O sinergismo da cafeína sobre os efeitos antinociceptivos da dipirona foram confirmados em um estudo com animais e em humanos 3 tendo sido observado um início de ação mais rápido com a associação do que com a dipirona isolada.

    A associação do isometepteno com analgésicos foi considerada melhor alternativa à ergotamina no tratamento de cefaleias vasculares.

    A eficácia da associação dipirona, isometepteno e cafeína (Isometepteno + Dipirona Sódica + Cafeína – 2 drágeas em dose única) foi avaliada por Klapetek em comparação com a combinação tartarato de ergotamina e cafeína (TEGK) e com placebo (doses únicas) em dois estudos clínicos duplo-cegos em 172 crises de enxaqueca. A intensidade da dor (ID), avaliada por uma escala de quatro pontos (3=muito forte; 0=ausente), apresentou redução no período de avaliação de duas horas com o uso das medicações ativas (Isometepteno + Dipirona Sódica + Cafeína – ID0=1,86→ID120=0,78; TEGK - ID0 =1,93→ID120=0,87; NS).

    A ação analgésica foi mais consistente e constante durante todo o período de avaliação com a Isometepteno + Dipirona Sódica + Cafeína do que com o comparador ou com o placebo. Esse mesmo autor complementou o primeiro estudo em mais 40 pacientes confirmando um efeito analgésico da associação maior em relação ao tempo, quando comparado com o placebo.

    Um estudo randomizado comparou a eficácia da Isometepteno + Dipirona Sódica + Cafeína com a da combinação di-hidroergotamina, cafeína, butalbital e aminofenazona e a do placebo em pacientes com enxaquecas e cefaleias. Os resultados mostraram eficácia similar com o uso das medicações ativas e superioridade significante em relação ao placebo.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO!

    • Secnidazol

      Secnidazol

      14 apresentações
      R$ 3,17
      R$ 3,17