Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Cicloprimogyna: para reposição hormonal e outros!

    Cicloprimogyna: para reposição hormonal e outros!

    O medicamento cicloprimogyna é indicado para o tratamento como uma terapia de reposição hormonal (TRH); para o alívio dos sintomas associados à menopausa – e também pode ser usado para tratamento das alterações do ciclo menstrual.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO!

    • Maxsulid

      Maxsulid

      1 apresentações
      sem oferta :(
      sem oferta :(

    Você pode encontrar as mais variadas ofertas e promoções deste remédio em nosso site!


    O que é

    A cicloprimogyna possui dois tipos de hormônio – o valerato de estradiol e um progestógeno (levonorgestrel). Sendo assim, o fármaco repõe os hormônios que o organismo não produz mais.

    O estradiol previne e/ou alivia os sintomas desagradáveis da menopausa – como fogachos, sudorese, alterações no sono, nervosismo, irritabilidade, tontura, dor de cabeça, incontinência urinária, ressecamento vaginal e queimação e dor durante a relação sexual. Já o levonorgestrel evita o espessamento da camada de revestimento do útero.

    Lembre-se, o medicamento em destaque deve ser administrado junto a um médico – pois ele irá ditar a redução ou aumento da dosagem de acordo com o tratamento. Procure o melhor profissional da área da saúde para atendê-lo!


    Interações medicamentosas

    A contracepção hormonal deve ser descontinuada quando for iniciada a TRH e a paciente deve ser orientada a adotar medidas contraceptivas não-hormonais, se necessário.

    Medicamento – Medicamento

    Tratamentos prolongados com fármacos indutores de enzimas hepáticas como, por exemplo, vários anticonvulsivantes e antimicrobianos, podem aumentar a depuração de hormônios sexuais e reduzir a eficácia clínica. Tais propriedades de indução de enzimas hepáticas foram estabelecidas para hidantoínas, barbitúricos, primidona, carbamazepina e rifampicina, assim como suspeita-se da existência dessas propriedades também para oxcarbazepina, topiramato, felbamato e griseofulvina. A indução enzimática máxima geralmente não ocorre antes da segunda ou terceira semana, mas pode ser mantida por, no mínimo, 4 semanas após o término da terapia com algum desses fármacos.

    Não há informação específica disponível sobre interações de Valerato de Estradiol + Levonorgestrel com amitriptilina e arginina, entretanto os estrogênios podem inibir o metabolismo hepático de tricíclicos (por exemplo, imipramina e amitriptilina).

    Em casos raros, níveis reduzidos de estradiol foram observados com o uso concomitante de certos antibióticos (por exemplo, penicilinas e tetraciclina).

    Substâncias que sofrem conjugação substancial como, por exemplo, o paracetamol, podem aumentar a biodisponibilidade do estradiol pela inibição competitiva do sistema de conjugação durante a absorção.

    Em casos individuais, as necessidades de hipoglicemiantes orais ou insulina podem ser alteradas como resultado do efeito sobre a tolerância à glicose.

    Medicamento – Alcoólicos

    A ingestão aguda de bebidas alcoólicas durante a TRH pode ocasionar elevação nos níveis de estradiol circulante.

    Medicamento – Exames laboratoriais

    O uso de esteroides sexuais pode influenciar os resultados de certos exames laboratoriais, incluindo parâmetros bioquímicos das funções hepática, tiroidiana, adrenal e renal; níveis plasmáticos de proteínas (transportadoras), por exemplo, globulina de ligação a corticosteroides e frações lipídicas/lipoproteicas; parâmetros do metabolismo de carboidratos e parâmetros da coagulação e fibrinólise.


    Formas de tomar

    A posologia do medicamento mencionado no artigo depende da idade e do peso do paciente:

    Recomenda-se que se siga rigorosamente o procedimento indicado, pois o não cumprimento pode ocasionar falhas na obtenção dos resultados.

    Se a paciente ainda estiver menstruando, deve-se começar o tratamento com o medicamento em destaque no 5° dia do ciclo menstrual, observando que o 1° dia do ciclo corresponde ao primeiro dia de sangramento menstrual.

    Se não estiver menstruando, ou se os ciclos menstruais forem muito irregulares, siga a recomendação médica para o início do tratamento.

    Durante o intervalo de pausa, alguns dias após a ingestão da última drágea, geralmente ocorre sangramento semelhante à menstruação.

    Após o intervalo de 7 dias, reinicie o tratamento com uma nova cartela, independentemente de o sangramento ter cessado ou não.


    Efeitos colaterais

    As reações adversas mais comuns por conta da administração de cicloprimogyna inclui os sintomas de dor de cabeça, ganho ou perda de peso, dor abdominal, náusea, coceira, erupção cutânea e sangramento uterino/vaginal incluindo gotejamento.

    Os sintomas incomuns podem ser vistos como edema, urticária, eritema nodoso, estados depressivos, distúrbios visuais, palpitação, má digestão, reação alérgica, tontura e dor ou hipersensibilidade dolorosa nas mamas.

    Os sintomas raros incluem acne, dismenorreia, fadiga, aumento ou diminuição da libido, enxaqueca, vomito, distensão abdominal, caibras, secreção vaginal, aumento das mamas, TPM, crescimento excessivo de pelos e inchaço.


    Contraindicações

    O medicamento cicloprimogyna é contraindicado para pacientes que possuem hipersensibilidade a qualquer componente presente na fórmula do produto.

    Além disso, ele não é recomendado para pessoas no período de gestação e/ou amamentação; pacientes com sangramento vaginal de causa desconhecida; na suspeita ou presença de câncer de mama; na presença ou suspeita de câncer que pode se desenvolver sob influência de hormônios sexuais; pacientes com doenças graves do fígado; histórico ou presença de tumor de fígado; histórico recente de ataque cardíaco e/ou derrame; histórico recente ou anterior de trombose nos vasos sanguíneos das pernas ou dos pulmões; que possuem níveis muito elevados de um tipo especial de gordura no sangue.


    Farmacodinâmica

    Valerato de Estradiol + Levonorgestrel contém o estrogênio valerato de estradiol, um pró-fármaco do 17-betaestradiol natural humano. O outro princípio ativo, levonorgestrel, é um progestógeno sintético.

    Com a composição e o regime sequencial de Valerato de Estradiol + Levonorgestrel, incluindo uma monofase estrogênica de 11 dias, uma fase com associação estrogênio-progestógeno de 10 dias e um intervalo de pausa de 7 dias, um ciclo menstrual é estabelecido na mulher com útero intacto, desde que o medicamento seja tomado regularmente.

    A TRH com uma dose estrogênica adequada, como a encontrada em Valerato de Estradiol + Levonorgestrel, reduz a reabsorção óssea e retarda ou detém a perda óssea na pós-menopausa. O tratamento prolongado com TRH tem demonstrado reduzir o risco de ocorrência de fraturas periféricas em mulheres na pós-menopausa. Quando a TRH é descontinuada, a massa óssea reduz-se a uma razão comparável àquela encontrada no período da pósmenopausa imediata. Não há evidências de que a TRH restaure a massa óssea aos níveis da pré-menopausa. A TRH também tem efeito positivo sobre o conteúdo de colágeno e a espessura da pele, assim pode retardar o processo de formação de rugas na pele.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DESTE MEDICAMENTO!

    • Maxsulid

      Maxsulid

      1 apresentações
      sem oferta :(
      sem oferta :(