Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Como se livrar dos males da vaginose bacteriana!

    Como se livrar dos males da vaginose bacteriana!

    A vaginose bacteriana é uma infecção que surge devido ao desequilíbrio da flora vaginal.

    O que é?

    Ambas as bactérias "boas" e "ruins" vivem na vagina. Se o equilíbrio delicado entre elas não está de acordo, você pode obter uma infecção chamada vaginose bacteriana (VB para abreviar).

    Na maioria das vezes, a vaginose bacteriana não causa nenhum outro tipo de problema à saúde. Contudo, essa condição pode levar a outros distúrbios, especialmente quando uma mulher está grávida ou tentando engravidar.

    Você sabia? A vaginose bacteriana é uma doença extremamente comum e a maioria das mulheres sofrerá pelo menos um episódio da doença em alguma fase da vida.

    Causas

    Um tipo de bactéria chamada Lactobacillus mantém a vagina ligeiramente “ácida”, de modo que os tipos ruins de bactérias não se proliferem e cresçam. Se os seus níveis de lactobacilos diminuírem, mais bactérias ruins se movem e você terá VB.

    Qualquer mulher pode ter vaginose bacteriana, mas algumas práticas aumentam suas chances, incluindo:

    - Fumar;

    - Atividade sexual;

    - Lavar a região interna da vagina com sabonete.

    Você pensaria que manter sua vagina limpa impediria a vaginose bacteriana, porém quando você lava sua vagina com uma ducha, isso faz com que haja uma perturbação do equilíbrio natural das bactérias. Sabonetes perfumados, banhos de espuma e desodorantes vaginais têm um efeito semelhante.

    Um novo parceiro sexual, ou ter mais de um, faz com que seja mais provável que uma mulher contraia a VB. A razão não está clara, mas mulheres que têm parceiras do mesmo gênero correm mais riscos de contrair a VB por conta da relação sexual.

    Além disso, a vaginose bacteriana também pode ser contraída se for praticado o sexo oral e/ou sexo anal.

    Um dispositivo de controle de natalidade do DIU, que se encaixa dentro do seu útero, foi ligado à VB, especialmente se você tiver sangramento irregular. Contudo, são necessários mais estudos para saber se o uso do DIU é realmente uma causa.

    Você pode ter ouvido falar que pode-se obter infecções vaginais como a VB praticando natação em piscinas ou ao sentar sanitários públicos, porém isso não é uma verdade.

    Sintomas

    Cerca de metade de todas as mulheres com VB não apresentam sintomas. Mas caso você tenha, poderá notar:

    - Corrimento branco, cinza ou verde fino;

    - Sensação de queimação quando você faz xixi;

    - Um odor na vagina que fica mais forte após atividade sexual.

    Não é o mesmo que uma infecção por fungos. Muitas vezes elas coçam, têm uma descarga espessa e branca e não sentem cheiro.

    Diagnóstico

    Você precisará verificar com seu médico de cuidados primários ou ginecologista.

    Ele perguntará sobre seus sintomas e fará um exame vaginal, podendo usar um cotonete para tirar uma amostra da sua vagina para verificar em um microscópio se há VB.

    Tirar uma amostra pode ajudar seu médico e/ou o laboratório a excluir outras infecções sexualmente transmissíveis (DSTs), como a gonorreia ou a tricomoníase, que compartilham de alguns sintomas semelhantes com a VB.

    Caso você não conheça nenhum profissional adequado para tratar da sua vaginose bacteriana ou qualquer outro sintoma que esteja te incomodando, encontre um médico ideal aqui.

    Tratamento

    Se você não tiver nenhum sintoma e não estiver grávida, talvez não precise de tratamento. Sua VB pode ir embora sozinha.

    Quando você não tem sintomas, o médico pode prescrever antibióticos para se livrar de sua infecção.

    Pode ser um comprimido que tome por via oral ou que aplique um creme em gel na sua vagina. Na maioria dos tratamentos você precisará usufruir dos tratamentos de 5 à 7 dias.

    ATENÇÃO: Você deve terminar todos os seus remédios, mesmo que seus sintomas desapareçam. Se você parar cedo, sua infecção pode voltar!

    Como a VB pode ser transmitida através do sexo, evite todo contato sexual até que você esteja melhor. Se seu parceiro for outra mulher, ela deve consultar um médico para que ela possa obter um diagnóstico preventivo.

    Se você usa um DIU e o VB continua voltando (VB recorrente), você pode conversar com sua ginecologista sobre um tipo diferente de método contraceptivo diferente.

    Mesmo depois que a VB é tratada e desaparece, é comum que ela retorne. Se isso acontecer, você provavelmente precisará tomar antibióticos novamente por mais tempo.

    Outras infecções

    Ter VB torna mais fácil para você obter DST’s como herpes, clamídia ou gonorreia. Se você já tem HIV, a VB aumenta suas chances de transmissão ao seu parceiro.

    Se você tem VB após uma histerectomia (procedimento cirúrgico para retirada do útero) ou outra cirurgia em seus órgãos femininos, é provável que você tenha uma infecção bacteriana depois.

    Algumas das mesmas coisas que causam VB também podem levar à doença inflamatória pélvica (DIP), uma infecção do útero, das trompas de falópio e dos ovários.

    Gravidez

    Se você está passando por tratamentos de fertilidade como a fertilização in vitro (FIV), há menos chance de sucesso caso você tenha BV.

    Mulheres grávidas com BV tiveram bebês que nasceram prematuros (antes da 37ª semana) ou com baixo peso ao nascer (menos de 2,4 kg). Como há uma chance de que a BV possa ser a causa, você deve tratá-la.

    Medicamentos indicados

    Geralmente, o tratamento dessa condição é feito por meio de antibióticos. E dentre eles estão:

    Metronidazol: é um composto com propriedades anti-infecciosas e atividade antimicrobiana, contra micro-organismos anaeróbios, ou seja, micro-organismos que crescem na presença de baixas concentrações ou completa ausência de oxigênio. Além disso, Metronidazol possui também uma atividade antiparasitária, eliminando vermes e parasitas do corpo.

    • Astro

      Astro

      6 apresentações
      R$ 8,69
      R$ 8,69

    Clindamicina: é um antibiótico indicado no tratamento de diversas infecções causadas por bactérias.

    • Astro

      Astro

      6 apresentações
      R$ 8,69
      R$ 8,69

    Tinidazol: apresenta ação antimicrobiana (contra micro-organismos, tais como protozoários e bactérias) e antifúngica (contra fungos).

    • Astro

      Astro

      6 apresentações
      R$ 8,69
      R$ 8,69

    Prevenção

    Para diminuir suas chances de contrair VB, você pode:

    - Usar apenas água (não é necessário incluir sabão) ao lavar a área genital;

    - Quando você for ao banheiro, limpe de frente para trás, da sua vagina em direção ao seu ânus;

    - Use preservativo durante o sexo;

    - Caso você faça uso de brinquedos sexuais, lave-os após cada vez que algum for usado;

    - Limite o número de parceiros sexuais que você tem;

    - Faça o teste das DST’s, e faça com que seus parceiros também façam.