Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Confira todas as condições que Pantogar pode tratar!

    Confira todas as condições que Pantogar pode tratar!

    Antes de tudo, entenda a finalidade do Pantogar:

    A principal função do Pantogar não é promover o crescimento do cabelo, embora esse efeito também seja obtido, a referida medicação é muito utilizada no tratamento de combate à queda capilar.

    Ele exerce um efeito positivo sobre o crescimento dos cabelos e das unhas, assim como sobre a cor dos cabelos.

    É recomendado em casos de perda de cabelos como ocorre na perda sazonal de fios (eflúvio telógeno) e nos casos de perda difusa de fios (alopecia difusa) em mulheres, entre outras.

    Principais Indicações:

    Eflúvio Telógeno

    É uma condição que se caracteriza pelo aumento da queda diária de fios de cabelo. O eflúvio se divide em dois tipos: agudo e crônico.

    São subtítulos que compartilham a queixa de queda aguda, mas são clinicamente distintos.

    Causas:

    Sua causa está associada à eventos que ocorreram antes do início da queda. Isso porque o período de preparo para a queda dura de dois a três meses e os fios se desprendem ao final desse ciclo.

    Esses eventos, ou gatilhos, convertem um percentual maior de fios para a fase de queda. Sendo assim, ao invés de termos 100-120 fios caindo diariamente, temos 200-300 fios, dependendo do paciente e da causa do eflúvio.

    Os eventos mais associados à queda são:

    • Pós-parto;

    • Febre;

    • Infecção aguda;

    • Sinusite;

    • Pneumonia;

    • Gripe;

    • Dietas muito restritivas;

    • Doenças metabólicas ou infecciosas;

    • Cirurgias, especialmente a bariátrica, por conta da perda de sangue e do estresse metabólico;

    • Estresse.

    Algumas medicações também podem desencadear o problema. Tudo isso pode interferir na proporção dos fios na fase de queda. Em geral, 70% dos casos têm o agente descoberto. Já nos 30% restantes a causa acaba por não ser definida.  O medicamento Pantogar pode auxiliar no tratamento.

    Eflúvio telógeno crônico

    A fase na qual os fios caem muito, se assemelha à versão aguda. Porém, em longo prazo, é diferente. Há ciclos de aumento dos fios na fase de queda, de forma cíclica, uma ou duas vezes por ano, ou a cada dois anos, dependendo do paciente.

    Conforme o tempo passa, o paciente fica com o cabelo mais volumoso na base e menos volumoso no comprimento. O cabelo fica mais curto e com o “rabo de cavalo” mais fino. Se o paciente só tiver essa condição, não ficará com o cabelo ralo no couro cabeludo.

    Porém, seu problema pode estar associado a outras condições que causam rarefação dos fios. De qualquer forma, se perde muito volume e comprimento. O problema nem sempre tem causa definida, mas sabe-se que está associado a doenças autoimunes, dentre elas, a mais comum é a tireoidite de Hashimoto.

    Sintomas:

    O principal sintoma é a queda aguda do cabelo, com aumento dos fios que caem dia a dia. Coceira no couro cabeludo, principalmente na região posterior, pode estar presente em alguns casos.

    Prevenção:

    Não há prevenção para o eflúvio telógeno. Porém, há situações nas quais seu surgimento é esperado, como na fase do pós-parto, quando é comum ocorrer queda dos fios 2-3 meses após o parto.

    É aconselhável orientar a paciente a procurar um dermatologista logo no início do problema. O mesmo vale para aqueles que passaram por cirurgia bariátrica ou por uma dieta emagrecedora.

    Eles precisam ser bem orientados para buscar ajuda assim que notarem a queda acentuada dos fios e obter orientação para a melhor conduta do caso.

    Alopecia Difusa em mulheres

    Ao contrário dos homens, a queda do cabelo nas mulheres é percebida através de uma importante perda da densidade na parte frontal e superior da cabeça, dissipando-se no couro cabeludo, sem chegar a uma calvície total. É um processo bastante preocupante para as mulheres, especialmente pelas consequências estéticas que implicam e as suas repercussões psicológicas.

    Causas:

    Existem inúmeras causas para a alopecia difusa, elas podem ser de natureza psicológica ou física:

    • Estados de exaustão, stress;

    • Estados somáticos e psicossomáticos;

    • Febre, infecções, reumatismo;

    • Transtornos metabólicos, como as tiropatias;

    • Anemia;

    • Gravidez e lactação;

    • Má nutrição, dietas, abuso alcoólico;

    • Ingestão de drogas como as citostáticas, agentes redutores de lipídeos;

    • Intoxicações;

    • Hereditariedade.

    Outras indicações são para unhas quebradiças, rachadas e pouco maleáveis.

    Situações contra-indicadas para o uso:

    - Pantogar não é recomendado para pessoas com alergias à qualquer um dos componentes da fórmula;

    -Este medicamento é contra-indicado para pacientes sensíveis ao glúten, devido à presença de levedura medicinal;

    -Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos;

    - Pantogar não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista;

    - Geriatria (idosos) – Não são conhecidas restrições para o uso do produto por pacientes idosos;

    - Insuficiência renal/hepática – Não são conhecidas restrições para o uso do produto por pacientes com insuficiência renal (doença dos rins) ou hepática (doença do fígado).

    *Antes de ir embora, nos siga nas redes sociais: Instagram/Facebook/Twitter: )