Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Descubra as causas da sua tontura!

    Descubra as causas da sua tontura!

    Tontura é a sensação de estar tonto ou desequilibrado. Essa condição afeta nossos órgãos sensoriais, especificamente os olhos e ouvidos, por isso podem causar desmaios. Não é classificada como doença, mas sim um sintoma de vários distúrbios.

    Os sintomas incluem:

    • Tontura ou sensação de desmaio;

    • Instabilidade;

    • Perda de equilíbrio;

    • Sensação de flutuar ou nadar;

    Às vezes, a tontura é acompanhada por náuseas, vômitos ou desmaios. Procure ajuda médica de emergência se tiver esses sintomas por longos períodos.

    Você sabia? O ato de se levantar rapidamente, que causa uma queda na pressão arterial, e resulta na sensação de estar tudo “preto” é chamado de Hipotensão Ortostática!

    O que é?

    O sistema nervoso sensorial, por sua vez, possui sentidos (visão, audição, tato, paladar, olfato e equilíbrio) que traduzem o mundo físico para o reino da mente, possibilitando-nos a criar uma percepção do mundo. Eis alguns dos sentidos:

    • Olhos - ajudam a determinar onde seu corpo está no espaço e como ele está se movendo;

    • Nervos sensoriais - enviam mensagens ao cérebro sobre os movimentos e posições do corpo;

    • Orelha interna - abriga sensores que ajudam a detectar a gravidade e o movimento de vaivém;

    Causas

    Dentre as possíveis causas, se encaixam:


    - Queda repentina da pressão arterial;
    - Doença do músculo cardíaco;
    - Diminuição no volume de sangue;
    - Transtornos de ansiedade;
    - Anemia (ferro baixo);
    - Hipoglicemia (baixa de açúcar no sangue);
    - Infecção na orelha;
    - Desidratação;
    - Insolação;
    - Exercício excessivo;
    - Doença de movimento;

    Em casos raros, a tontura pode ser causada por esclerose múltipla, acidente vascular cerebral, tumor maligno ou outro distúrbio cerebral.

    Tipos

    Labirintite/Vertigem

    Havendo distúrbios no ouvido interno, o cérebro recebe sinais não coincidentes com o que os olhos e nervos sensoriais recebem. Logo, a vertigem - falsa sensação de arredores girando- é o resultado do trabalho do cérebro para resolver a confusão.

    Queda de pressão

    Também chamado de síncope, é uma perda temporária da consciência provocada por uma diminuição do fluxo sanguíneo cerebral. Pode causar desmaios, de início súbito, com recuperação total e espontânea.

    Os sinais e sintomas da síncope incluem fraqueza muscular generalizada, incapacidade de se manter em pé, palidez, pulsação fraca, transpiração e perda da consciência.

    Desequilíbrio

    As pessoas com desequilíbrio possuem sensação de instabilidade ou de que vão cair.

    Ansiedade

    Pensamentos negativos causam reações negativas no corpo e na mente; e pensamentos positivos provocam melhora e um bom funcionamento físico e psicológico. Com isso, há tanto a possibilidade de um ansioso possuir tonturas recorrentes, quanto uma pessoa que tem a vertigem se tornar ansiosa.

    Superaquecimento e desidratação

    Estar ativo em climas quentes ou não beber líquidos suficientes, pode causar uma tontura por superaquecimento (hipertermia) ou por desidratação.

    Baixos níveis de ferro (anemia)

    Sinais e sintomas que podem ocorrer juntamente com tontura se você tiver anemia incluem fadiga, fraqueza e pele pálida.

    Baixo nível de açúcar no sangue (hipoglicemia)

    Esta condição geralmente ocorre em pessoas com diabetes que usam insulina. As vertigens podem ser acompanhadas de suor e ansiedade.

    Dicas

    - Ingerir sal. O sódio é um nutriente conhecido por reter água no organismo. Em razão disto, ingerir sal ou alimentos salgados, é um método eficiente para combater tonturas decorrentes da queda da pressão arterial;

    - Comer um doce. Isso pode resolver os quadros de hipoglicemia ou queda da taxa de glicose no sangue;

    - Beber água. Pode ajudar a elevar a pressão já que aumenta o volume de líquidos no corpo;

    - Sentar. Ajuda a evitar as consequências de uma Hipotensão Ortostática;

    - Deitar e elevar as pernas. Se a causa for um problema circulatório, isso aliviará os sintomas;

    - Tomar um ar. Se estiver relacionado ao superaquecimento, a queda de pressão sanguínea terá melhoras significativas em ambientes arejados;

    - Respirar. A demanda por oxigênio aumenta devido ao esforço muscular e outras partes do corpo podem ser prejudicadas, causando tontura. Ao respirar adequadamente, há uma maior passagem de oxigênio no organismo, evitando possíveis incômodos;

    Tratamentos

    Obtenha atendimento médico de emergência se você sentir tontura ou vertigem grave junto dos seguintes sintomas:


    • Dor de cabeça súbita e intensa;

    • Dor no peito;

    • Dificuldade ao respirar;

    • Dormência/paralisia de braços ou pernas;

    • Desmaio;

    • Visão dupla;

    • Batimento cardíaco rápido ou irregular;

    • Confusão ou fala arrastada;

    • Tropeçar ou dificuldade para andar;

    • Vômito em curso;

    • Convulsões;

    • Mudança repentina na audição;

    • Dormência ou fraqueza facial;

    Medidas Preventivas

    Preste atenção em seus sintomas para evitar grandes males. Experimentar tonturas ao dirigir um carro ou operar máquinas pesadas pode aumentar a probabilidade de um acidente. Ou mesmo sofrer consequências a longo prazo, se uma condição de saúde existente estiver causando sua vertigem e não for tratada.

    Remédios Indicados

    Betaserc: Este medicamento é indicado para vertigem; sensação de tontura com mal estar acompanhado de náusea ou vômito; zumbido nos ouvidos e perda ou dificuldade da audição.

    • Azitromicina

      Azitromicina

      30 apresentações
      R$ 5,50
      R$ 5,50

    Clopam (Clonazepam) : Pertencente à classe dos benzodiazepínicos, causa inibição leve do sistema nervoso, com consequente ação anticonvulsivante, sedativa leve, relaxante muscular e tranquilizante

    • Azitromicina

      Azitromicina

      30 apresentações
      R$ 5,50
      R$ 5,50

    Cinarizina: É um anti-histamínico e bloqueador dos canais de cálcio do grupo difenilmetilpiperazina. Também é conhecido por promover o fluxo sanguíneo cerebral e, portanto, é usado para tratar apoplexia cerebral, sintomas cerebrais pós-traumáticos e arteriosclerose cerebral.

    • Azitromicina

      Azitromicina

      30 apresentações
      R$ 5,50
      R$ 5,50

    Dramin: Contém em sua composição o anti-histamínico dimenidrinato, sendo indicado para prevenir e tratar os sintomas de enjôo. O medicamento inibe diretamente o centro causador de náuseas no organismo e as funções do labirinto no cérebro.

    Seus efeitos se iniciam de 15 a 30 minutos após a administração oral. A duração da ação persiste por quatro a seis horas.

    • Aixa

      Aixa

      1 apresentações
      R$ 33,98
      R$ 33,98

    Engov: Esse medicamento atua como analgésico (alivia as dores) e na melhora de sintomas alérgicos. Atua ainda como estimulante suave do Sistema Nervoso Central (SNC) que associado a analgésicos auxilia no alívio da dor.

    Em 60 minutos após a ingestão, possui o efeito esperado.

    • Azitromicina

      Azitromicina

      30 apresentações
      R$ 5,50
      R$ 5,50