Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Primosiston é usado para retardar ou antecipar a menstruação!

    Primosiston é usado para retardar ou antecipar a menstruação!

    Primosiston é indicado no tratamento de hemorragia uterina disfuncional, antecipação e retardamento da menstruação.

    O que é?

    A hemorragia uterina disfuncional, que é devida principalmente a um distúrbio da função ovariana, pode resultar em perda sanguínea substancial, ocasionando prejuízos para a saúde da mulher (por exemplo, anemia ferropriva).

    Primosiston suprime a ovulação e a produção hormonal, o que modifica completamente o endométrio (revestimento interno do útero de onde provém o sangramento menstrual), interrompendo o sangramento causado pela descamação irregular do endométrio. Após alguns dias de uso do medicamento seguidos de sua interrupção, cessa o efeito do medicamento e então ocorre uma descamação induzida, na forma de sangramento semelhante à menstruação.

    Devido a sua intensa atividade progestogênica e estrogênica, o remédio alivia os distúrbios da função ovariana e do ciclo menstrual dentro de poucos dias.

    Interações medicamentosas:

    Sempre informe seu médico de todos os medicamentos, incluindo fitoterápicos, que você está usando. Alguns medicamentos não devem ser utilizados concomitantemente com este remédio. Informe também a qualquer outro médico ou dentista, que lhe prescreva algum outro medicamento, que você toma Primosiston. Eles poderão lhe informar se é necessário trocar algum medicamento que está tomando.

    O uso de alguns medicamentos pode exercer uma influência nos níveis sanguíneos deste medicamento, reduzir sua eficácia ou causar sangramentos inesperados. Estes incluem:

    Medicamentos utilizados para o tratamento de:

    - Epilepsia (por exemplo, primidona, fenitoína, barbitúricos, carbamazepina, oxcarbazepina, topiramato, felbamato);

    - Tuberculose (por exemplo, rifampicina);

    - Infecções por HIV e vírus da hepatite C (também chamados de inibidores das proteases e inibidores não nucleosídeos da transcriptase reversa);

    - Infecções fúngicas (griseofulvina, antifúngicos azólicos, por exemplo, itraconazol, voriconazol, fluconazol);

    - Infecções bacterianas (antibióticos macrolídeos, por exemplo, claritromicina, eritromicina);

    - Algumas doenças cardíacas, pressão alta (bloqueadores do canal de cálcio, por exemplo, verapamil, diltiazem);

    - Artrite, artrose (etoricoxibe);

    - Produtos contendo Erva de São João (usada principalmente para o tratamento de estados depressivos);

    - Suco de toranja (grapefruit).

    Primosiston pode interferir na eficácia de outros medicamentos, por exemplo, medicamentos contendo ciclosporina, o antiepilético lamotrigina, melatonina, midazolam, teofilina e tizanidina.

    Informe ao seu médico se você estiver usando ou usou recentemente qualquer outro medicamento, inclusive aqueles adquiridos sem prescrição médica.

    Uma vez que a estrogenicidade da noretisterona já era conhecida e verificada na prática clínica, a recente descoberta das suas características metabólicas não modifica as recomendações de uso existentes.

    Testes laboratoriais

    Se você precisar fazer algum exame de sangue ou outro teste laboratorial, informe ao seu médico ou ao laboratório que você está tomando Primosiston, pois este pode afetar os resultados dos exames.

    Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

    Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

    Nomes comerciais:

    Natifa Pro; Primosiston; Estalis; Estragest TTS; Merigest; Systen Conti; Systen Sequi; Ciclovulon; Suprelle; e Suprema.

    Formas de tomar:

    O uso do Primosiston é indicado das seguintes formas:

    Para interromper o sangramento causado por uma hemorragia uterina disfuncional:

    A dose recomendada é de 1 comprimido, 3 vezes ao dia, durante 10 dias, o que cessa a hemorragia uterina em 1 a 4 dias, quando esta não está associada à alguma lesão do útero.

    Apesar de ser variável, a hemorragia costuma diminuir logo nos primeiros dias do início do tratamento, que pode estender-se por 5 a 7 dias até parar completamente. Nos casos em que a mulher deseja interromper a menstruação que está muito prolongada, durando mais que 8 dias, é importante conversar com o ginecologista para se identificar a causa. Confira quais são as causas e tratamento para menstruação prolongada.

    Para antecipar a menstruação 2 ou 3 dias:

    Tomar 1 comprimido 3 vezes ao dia, durante no mínimo 8 dias, a partir do 5º dia do ciclo menstrual, contando como o primeiro dia da menstruação o primeiro dia do ciclo. Neste caso, a menstruação costuma ocorrer 2 a 3 dias após suspensão da medicação.

    Para atrasar a menstruação 2 a 3 dias:

    Tomar 1 comprimido 3 vezes ao dia, durante 10 a 14 dias, tomando o 1º comprimido 3 dias antes da data prevista da próxima menstruação. Nesse caso, antes do uso é muito importante que a mulher se certifique que não há gravidez, para um uso seguro, sem riscos para a saúde do bebê caso esteja sendo gerado.

    Efeitos colaterais:

    Em casos raros pode ocorrer dores de cabeça, desconforto gástrico, náusea e sensação de tensão nas mamas, com frequência desconhecida.

    Se você tem angioedema hereditário, estrogênios exógenos podem induzir ou intensificar os sintomas de angioedema.

    Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

    Gravidez:

    Informe ao seu médico se houver suspeita de gravidez durante o tratamento. O produto é contraindicado para mulheres grávidas.

    Informar ao médico se está amamentando, pois pequenas quantidades do medicamento podem ser transferidas para o leite e ingeridas pelo bebê durante a amamentação.

    Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que possam ficar grávidas durante o tratamento.

    Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

    Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

    Contraindicações:

    Este medicamento não deve ser usado durante a gravidez, amamentação, alergia aos componentes da forma, em caso de câncer de mama.

    Deve ser usado com cuidado se houver doenças cardíacas, alguma alteração do fígado, anemia falciforme ou episódio anterior de derrame ou infarto.

    Além disso, deve-se considerar que Primosiston contém hormônios mas não é um anticoncepcional e por isso com o seu uso é recomendado usar camisinha em todo contato íntimo.

    • DIPIRONA 500MG 10 COMPRIMIDOS

      DIPIRONA 500MG 10 COMPRIMIDOS

      1 apresentações
      R$ 1,70
      R$ 1,70