Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Resolva sua dor muscular

    Resolva sua dor muscular

    Aquela famosa dor muscular é algo bastante recorrente entre a população, tendo como principais sintomas dor intensa próxima à articulações, fraqueza muscular e dificuldade de movimentação na área afetada.

    Em caso de dores mais agudas, se encaixam possíveis fibromialgia, infecções, doenças auto-imunes, uso de medicamentos que inibem a ECA (enzima conversora de angiotensina) que causam efeitos colaterais, drogas estimulantes como a cocaína e problemas na tireóide como hipertireoidismo ou hipotireoidismo.

    Você sabia? A má postura frequente também pode tensionar seus músculos causando dor muscular. Posturas não naturais prejudicam nossos tecidos, como: sentar inclinado na cadeira; usar salto alto; e se apoiar nos queixos. Preste sempre atenção em sua postura para que isso não te comprometa no futuro!

    O que é:

    Os tecidos musculares revestem nosso corpo inteiro. São eles:

    - Tecido Muscular Estriado Esquelético: Está ligado aos ossos e possibilitam movimentos voluntários;

    - Tecido Muscular Estriado Cardíaco: É exclusivo do coração e bombeia sangue para todo o corpo;

    - Tecido Muscular Estriado Liso: Responsável pela formação de órgãos internos como estômago, bexiga, intestino e vasos sanguíneos.

    Causas:

    Dentre as causas comuns se encaixam tensão, estresse, o desgaste físico pelo uso excessivo do músculo ou até mesmo ferimentos leves.

    É sempre recomendável a procura de um médico para confirmar causas de dores agudas. A Mialgia é caracterizada por dores localizadas devido ao excesso de alongamento. Entretanto, havendo demasiada frequência, pode ser um indicativo de doenças.

    Tipos de dor muscular:

    Após treinos ou esportes

    Um fator corriqueiro dentre os praticantes de esporte é o DMIT (Dor Muscular de Início Tardio). Geralmente, a mudança de exercício ou início de um esporte em que a pessoa não está acostumada dificulta a realização de simples ações no dia seguinte, como subir escadas, vestir uma roupa ou pegar um objeto. 

    Nossa energia é retirada pela queima da glicose por meio do oxigênio, contudo, ao excedermos nossos limites, a energia é retirada pela fermentação lática, que - por sua vez - ocorre no músculo. 

    Esse processo resulta na produção de ácido lático, causando desconforto e dor muscular. A DMIT costuma ter melhora significativa em até 7 dias após o exercício realizado.

    Cãibras

    Existem dois tipos de cãibras. O primeiro e mais conhecido, novamente por praticantes de esporte, ocorre quando há excesso de ácido lático no corpo, gerando a fadiga muscular.

    Daí vem a famosa sensação da cãibra, contrações involuntárias do músculo que podem durar alguns segundos ou minutos.

    Outro fator é o suor, desencadeando uma grande perda de sódio, ele pode levar às contrações musculares, que causam cãibras

    O segundo tipo engloba não praticantes de atividades físicas, que geralmente possuem cãibras noturnas. Se apresentarem um excesso de suor e urina, o mineral sódio entra em escassez no organismo, fazendo com que o músculo fique sem reservas energéticas. Essa situação gera um estresse mecânico, que dá origem às contrações involuntárias.

    O que fazer na hora da cãibra?

    O indicado é respirar fundo e fazer uma massagem no músculo repuxado com movimentos circulares. Se manter hidratado também é uma medida importante, pois evita a perda de sódio e potássio no corpo, diminuindo os riscos da cãibra.

    Distensões Musculares

    Os principais sintomas de dor muscular são:

    - Dor intensa localizada próximo à uma articulação;

    - Fraqueza muscular;

    - Marcas roxas e região com inchaços;

    As distensões são divididas em graus:

    - Grau 1 / Ligeira: Estiramento de fibras musculares sem rupturas. A dor é amenizada em 1 semana.

    - Grau 2 / Moderada:  Pequena laceração no músculo ou tendão. A dor é média e varia de 1 a 3 semanas.

    - Grau 3 / Grave: Há uma ruptura total no músculo ou no tendão. A dor, intensa, vem com a aparição de inchaços, extravasamento sanguíneo e calor na região afetada.                               

    Dicas:

     Os músculos reagem bem aos cuidados caseiros, aqui vão algumas dicas:

    - Aplicar gelo para reduzir a inflamação;

    - Descansar a região afetada;

    - Compressa de sal quente por 30 minutos para melhorar a circulação e alivia a dor;

    - Massagens com óleos essenciais podem, também, melhorar a dor muscular;

    - Compressa de arnica mergulhada em água quente para diminuir hematomas, inchaços e inflamações;

    Tratamento:

    Procure um médico em casos de ocorrer a mialgia acompanhada de vermelhidão ou inchaço; a dor persistir após dias (mesmo com cuidados caseiros); a aparição estiver relacionada com medicamentos ingeridos; dores severas sem motivos; e dores após mordida de carrapato.

    Medidas Preventivas:

    Faça sempre os alongamentos corretos antes e depois das atividades físicas, corrija sua postura no dia-a-dia e sempre acompanhe os limites do seu corpo. Com essas pequenas ações você pode evitar grandes complicações, e a sua musculatura agradece!

    Remédios Indicados:

    Dipirona: É uma substância analgésica que controla a dor e ainda tem propriedades antitérmicas auxiliando na redução da febre. Seus efeitos se manifestam em aproximadamente 30 a 60 minutos após a ingestão e persistem por até 4 horas.

    • Paracetamol

      Paracetamol

      92 apresentações
      R$ 1,32
      R$ 1,32

    Ibuprofeno: Indicado para aliviar as dores, o Ibuprofeno tem ação anti-inflamatória, analgésica e antitérmica. Além disso, pode ser tomado na forma de gotas, comprimidos, cápsulas gelatinosas ou suspensão oral. Comercialmente, Ibuprofeno pode ser conhecido como Alivium, Advil, Buscofem ou Artril.

    • Paracetamol

      Paracetamol

      92 apresentações
      R$ 1,32
      R$ 1,32

    Dorflex: Medicamento com ação analgésica e relaxante muscular. Seus efeitos se iniciam a partir de 30 minutos.

    • Paracetamol

      Paracetamol

      92 apresentações
      R$ 1,32
      R$ 1,32

    Nimesulida: Destinado ao tratamento de condições que requeiram atividade analgésica, anti-inflamatória e antipirética (dor, inflamação e febre).

    • Paracetamol

      Paracetamol

      92 apresentações
      R$ 1,32
      R$ 1,32

    Naproxeno: É um anti-inflamatório com ação analgésica e anti-térmica. Seu mecanismo envolve a inibição da síntese de prostaglandinas, substâncias envolvidas no processo da dor e inflamação. ). A dose inicial recomendada de naproxeno é de 500mg seguido por naproxeno 250mg a cada 6 à 8 horas, conforme necessidade. 

    • Paracetamol

      Paracetamol

      92 apresentações
      R$ 1,32
      R$ 1,32

    Paracetamol:  O paracetamol é um analgésico e antipirético que está disponível em várias doses e apresentações, e pode ser obtido em farmácias como genérico ou com o nome de marca Tylenol ou Dafalgan. Este medicamento pode ser tomado para abaixar a febre e para atenuar as dores de cabeça (além de outras dores no corpo).

    Seu efeito começa, aproximadamente, de 15 a 30 minutos após a ingestão, durando entre 4 e 6 horas.

    • Paracetamol

      Paracetamol

      92 apresentações
      R$ 1,32
      R$ 1,32