Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Saiba as indicações do medicamento Venaflon!

    Saiba as indicações do medicamento Venaflon!

    Venaflon é indicado no tratamento das manifestações da insuficiência venosa crônica, funcional e orgânica, dos membros inferiores e no tratamento dos sintomas funcionais relacionados à insuficiência venosa do plexo hemorroidário.

    Também é indicado no período pré e pós-operatório de safenectomia (retirada cirúrgica da veia safena) para alívio dos sinais e sintomas decorrentes desse procedimento. O medicamento é ainda indicado para o alívio da dor pélvica crônica associada à Síndrome da Congestão Pélvica e para o alívio dos sinais e sintomas pós-operatórios decorrentes da retirada cirúrgica da veia hemorroidal (hemorroidectomia).

    O que é?

    Venaflon atua no sistema vascular, aumentando a velocidade de circulação do sangue nas veias, normalizando a permeabilidade capilar e reforçando a resistência capilar na microcirculação e aumentando a drenagem linfática. Toda essa ação leva a uma melhora dos sintomas relacionados à insuficiência venosa crônica dos membros inferiores.

    A ação deste medicamento também é responsável por atenuar a intensidade da dor, reduzir e acelerar a reabsorção dos hematomas e edemas, melhorar os sintomas relacionados à doença venosa crônica (sensação de pernas pesadas, fadiga dos membros inferiores, cãibras), melhorar os sintomas como dor, tenesmo, prurido, e diminuir a intensidade do sangramento decorrente do pós-operatório de hemorroidectomia e aumentar a tolerância ao exercício no período pós-operatório de safenectomia (retirada cirúrgica da veia safena).

    O tempo médio estimado para início da ação farmacológica é a partir das primeiras horas após a administração do medicamento.

    Interações medicamentosas:

    Nenhum estudo de interação medicamentosa foi realizado com este medicamento. Entretanto, levando-se em consideração a extensa experiência pós comercialização do produto, nenhuma interação medicamentosa foi reportada até o momento. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

    Nomes comerciais:

    Diosmin SDU; Diosmin; Flavenos; Venaflon; Venovaz; Daflon; Flavonid; Perivasc; Variflux; Velunid; e Conduvaz.

    Formas de tomar:

    Tratamento da doença venosa crônica

    A dose recomendada é de 2 comprimidos por dia, de preferência 1 de manhã e outro ao deitar, durante as refeições.

    Tratamento das hemorroidas

    A dose recomendada é de 6 comprimidos por dia, durante os primeiros 4 dias de tratamento, e nos 3 dias seguintes, 4 comprimidos por dia. Após este período de tratamento, é recomendada a administração de 2 comprimidos por dia, durante 3 meses ou de acordo com indicação médica.

    Tratamento da dor pélvica crônica

    A dose recomendada é de 2 comprimidos por dia, durante um período de 4 a 6 meses ou de acordo com indicação médica.

    Os comprimidos de Venaflon devem ser engolidos inteiros, juntamente com um copo de água, sem partir ou mastigar.

    A dose recomendada e a duração do tratamento com Venaflon devem ser indicadas pelo seu médico, pois estas dependem da gravidade do problema a tratar e da resposta individual de cada paciente ao tratamento. Além disso, de acordo com indicação médica, o medicamento também pode ser usado na preparação e recuperação da cirurgia para remover varizes ou após a cirurgia para retirar hemorroidas.

    Composição:

    Cada comprimido revestido contém: Fração flavonoica purificada, sob forma micronizada de:

    Diosmina.............................................................................................................................450 mg 

    Flavonoides (expresso em hesperidina)...........................................................................50 mg 

    Excipiente q.s.p..................................................................................................................1 comprimido

    Excipientes: gelatina, amidoglicolato de sódio, dióxido de silício, celulose microcristalina, copovidona, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, hipromelose/macrogol, dióxido de titânio, corante óxido ferro amarelo, corante óxido ferro vermelho, álcool etílico, macrogol, água de osmose reversa e acetona.

    Superdosagem:

    Não se dispõe, até o momento, de dados acerca de superdosagem.

    Na eventualidade da ingestão de doses muito acima das preconizadas, deve-se proceder lavagem gástrica e instituir medidas gerais de suporte, caso necessárias.

    Efeitos colaterais:

    Os seguintes eventos adversos foram reportados e estão classificados usando a seguinte frequência:

    Muito comuns (>1/10); Comuns (>1/100 e <1/10); Reação incomum (>1/1.000 e <1/100); Reação rara (>1/10.000 e < 1/1.000); Reação muito rara (< 1/10.000); Reações com frequência desconhecida (não pode ser estimada pelos dados disponíveis).

    Alterações no sistema nervoso

    Raras (>1/10.000 e < 1/1.000):

    Tontura, dor de cabeça, mal estar.

    Alterações gastrointestinais

    Comuns (>1/100 e <1/10):

    Diarreia, dispepsia, náuseas, vômitos.

    Incomuns (>1/1.000 e <1/100):

    Colite.

    Frequência desconhecida (não pode ser estimada pelos dados disponíveis):

    Dor abdominal.

    Alterações na pele e no tecido subcutâneo

    Raras (>1/10.000 e < 1/1.000):

    Erupção, prurido e urticária.

    Frequência desconhecida:

    Edema de face isolada, lábios e pálpebras. Excepcionalmente edema de Quincke.

    Gravidez:

    Nenhum efeito teratogênico foi demonstrado em vários estudos e nenhum evento adverso foi reportado em humanos.

    Um estudo aberto realizado com 50 mulheres com gestação entre 8 semanas antes do parto e até após 4 semanas do parto sofrendo de crise hemorroidária registrou alívio dos sintomas agudos a partir do 4º dia de tratamento. O tratamento foi bem aceito e não afetou a gravidez, o desenvolvimento fetal, o peso do neonato, seu crescimento e amamentação materna.

    Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

    Lactação:

    Em razão da ausência de dados sobre a passagem deste medicamento para o leite materno, a amamentação deve ser evitada durante o tratamento.

    Contraindicações:

    Venaflon não deve ser utilizado nos casos de hipersensibilidade previamente conhecida aos ativos diosmina e o hesperidina ou a qualquer um dos componentes da fórmula.

    Este medicamento é contraindicado para uso em crianças.

    • Venaflon

      Venaflon

      2 apresentações
      R$ 19,93
      R$ 19,93