Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Saiba tudo sobre Cetirizina: indicada em casos de rinite alérgica!

    Saiba tudo sobre Cetirizina: indicada em casos de rinite alérgica!

    Cetirizina em comprimidos ou xarope é indicada para o tratamento dos sintomas da rinite alérgica, como nariz entupido, coriza, coceira e espirros, e no tratamento da perene, urticária e conjuntivite alérgica, em adultos e crianças.

    O que é?

    Cetirizina tem na sua composição Dicloridrato de Cetirizina, uma substância com propriedades anti-histamínicas, capaz de bloquear a ação das histaminas. As histaminas são substâncias químicas produzidas pelo corpo em resposta à presença de um alérgeno. Estas, são produzidas em casos de alergia, provocando reações alérgicas como inchaço e entupimento das vias nasais, produção de muco, coceira de inchaço na pele ou nos olhos.

    Assim, ao bloquear a ação das histaminas, alivia e diminui os sintomas de alergia, causados pela rinite alérgica, perene, urticária e conjuntivite alérgica.

    Interações medicamentosas:

    Embora até o momento não haja relato de interações com outras drogas, o uso concomitante com depressores do SNC deve ser cauteloso.

    Como com os demais anti-histamínicos, pacientes que estejam em tratamento com Dicloridrato da substância ativa devem evitar a ingestão excessiva de álcool.

    Devido à farmacocinética, farmacodinâmica e ao perfil de tolerância do medicamento, nenhuma interação é esperada com este anti-histamínico.

    Nenhuma interação medicamentosa significante na farmacocinética ou na farmacodinâmica foi relatada em estudos de interações com pseudoefedrina e teofilina (400mg/dia).

    Álcool e outros depressores do SNC

    Em pacientes sensíveis, o uso concomitante de bebidas alcoólicas ou de outros depressores do SNC pode causar reduções adicionais do estado de alerta, comprometendo o desempenho, embora o medicamento não potencialize o efeito do álcool (em níveis sanguíneos de 0,5 mg/L).

    Precauções:

    O uso concomitante com substâncias depressoras do Sistema Nervoso Central (SNC) deve ser cuidadoso.

    Álcool

    Nas doses terapêuticas, não foram demonstradas interações clinicamente significativas com álcool (para uma alcoolemia de 0,5 g/L). Entretanto, recomenda-se cautela se houver a ingestão concomitante de bebidas alcoólicas.

    Aumento do risco de retenção urinária

    Devem ser tomadas precauções em pacientes com fatores de predisposição à retenção urinária (por exemplo, lesão da medula espinhal, e hiperplasia prostática) considerando que a Cetirizina pode aumentar o risco de retenção urinária.

    Pacientes com risco de convulsão

    Recomenda-se cautela aos pacientes epiléticos e àqueles que correm risco de convulsões.

    Crianças

    O uso da substância ativa comprimidos não é recomendado para crianças com menos de 12 anos uma vez que a formulação não permite o ajuste da dose.

    Reações cutâneas

    Prurido e/ou urticária podem ocorrer quando o tratamento com Cetirizina é interrompido, ainda que os sintomas não estejam presentes antes do início do tratamento. Em alguns casos, esses sintomas podem ser intensos e pode ser necessário reiniciar o tratamento. Os sintomas devem desaparecer com a retomada do tratamento.

    Testes Cutâneos de Alergia

    Os testes de alergia cutâneos são inibidos por anti-histamínicos é recomendado à interrupção desta medicação 3 dias antes do procedimento.

    Efeitos sobre a capacidade de dirigir veículos e operar máquinas

    Medidas objetivas da capacidade de dirigir, latência do sono e desempenho da linha de montagem não demonstraram quaisquer efeitos clinicamente relevantes na dose recomendada de 10 mg. No entanto, pacientes que tiveram sonolência devem abster-se de dirigir, exercer atividades perigosas ou operar máquinas. Pacientes que pretendem dirigir, exercer atividades potencialmente perigosas ou operar máquinas, não devem exceder a dose recomendada e devem considerar a sua resposta ao medicamento.

    Nomes comerciais:

    Cetirtec; Reactine; Zyrtec Comprimido; Zyrtec Solução Oral; Aletir; Cetihexal; Zetalerg Comprimido; e Zetalerg Solução Oral.

    Formas de tomar:

    Cetirizina comprimidos

    Adultos e crianças com mais de 12 anos: a dose recomendada é de 1 comprimido por dia.

    Os comprimidos de Cetirizina devem ser engolidos inteiros, juntamente com um copo de água, sem partir ou mastigar.

    Cetirizina xarope

    Crianças dos 2 aos 6 anos de idade: a dose recomendada é de 2,5 ml, administrados 2 vezes por dia, de preferência uma vez de manhã e outra à noite.

    Crianças dos 6 aos 12 anos de idade: a dose recomendada é de 5 ml, administrados 2 vezes por dia, de preferência de manhã e à noite. Além disso, também podem ser administrados 10 ml, por dia em dose única.

    Adultos e crianças a partir dos 12 anos de idade: a dose recomendada é de 10 ml, administrados 1 vez por dia.

    Idosos

    Até o presente, não existem dados que determinem a necessidade de reduzir a dose nos pacientes idosos que tenham função renal normal.

    Composição:

    Cetirizina comprimidos por cada comprimido contém:

    Dicloridrato de Cetirizina _________________________ 10 mg

    Excipientes _____________________________ 1 comprimido

    (Excipientes: celulose microcristalina, dióxido de silício, amido, talco, estearato de magnésio, hipromelose, lactose monoidratada, dióxido de titânio, macrogol e citrato de sódio).

    Cetirizina xarope por cada 1 ml de solução contém:

    Dicloridrato de Cetirizina ____________________________ mg

    Veículo _________________________________________ 1ml

    (Veículos: sorbitol, glicerol, propilenoglicol, metilparabeno, propilparabeno, aroma de banana, acetato de sódio e água de osmose reversa).

    Efeitos colaterais:

    Reações incomuns (≥ 1/1.000 e < 1/100)

    Parestesia, prurido, erupção cutânea, astenia, mal-estar, agitação, diarreia.

    Reações raras (≥ 1/10.000 e < 1/1.000)

    Aumento de peso, taquicardia, convulsões, urticária, edema, hipersensibilidade, anormalidade da função hepática (aumento de transaminases, fosfatase alcalina, gama-GT e bilirrubina) agressividade, confusão mental, depressão, alucinação, insônia.

    Reações muito raras (< 1/10.000)

    Trombocitopenia, disgeusia, discinesia, distonia, síncope, tremor, distúrbios de acomodação ocular, visão turva, oculógiro, disúria, enurese, angiodema, erupções cutâneas medicamentosas, choque anafilático, tiques nervosos.

    Reações não conhecidas (as ocorrências não podem ser estimadas com os dados disponíveis)

    Amnésia ou alteração da memória, aumento de apetite, pensamentos suicidas, vertigem, retenção urinária.

    Contraindicações:

    O uso deste medicamento é contraindicado para pacientes com hipersensibilidade conhecida a qualquer componente da fórmula, à hidroxizina ou a qualquer derivado piperazínico.

    O uso de Dicloridrato da substância ativa também é contraindicado para pacientes com insuficiência renal grave, com clearance de creatinina inferior a 10mL/min.

    Este medicamento é contraindicado para menores de 2 anos de idade e lactantes.

    Este medicamento é contraindicado em pacientes com insuficiência renal grave.