Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Shampoo com sulfatos: devemos evitar? Descubra já!

    Shampoo com sulfatos: devemos evitar? Descubra já!

    Os sulfatos são produtos químicos usados ​​como agentes de limpeza, sendo encontrados em produtos de limpeza doméstica, detergentes e até mesmo em produtos de higiene pessoal como o shampoo.

    Dois tipos principais de sulfatos são usados ​​em shampoos: lauril sulfato de sódio e laureth sulfato de sódio. O objetivo desses sulfatos é criar um efeito de espuma para remover o óleo e a sujeira dos seus cabelos. Se o shampoo que você utiliza faz espuma facilmente no chuveiro, há uma boa chance de que ele contenha sulfatos em sua composição. Shampoos sem sulfato não costumam produzir espuma ou produzem muito pouco.

    Em comparação com outras substâncias de limpeza contidas em shampoos, existe uma percepção que os sulfatos têm a efeitos de limpeza mais profundos. Eles pertencem a uma classe de produtos de limpeza chamados surfactantes aniônicos, que limpam as substâncias.

    Os sulfatos são considerados grampos de lavagem. Ainda assim, o uso de sulfatos em shampoos tem sido controverso nas últimas décadas. Algumas pessoas acreditam que os sulfatos podem prejudicar diretamente sua saúde. Como o shampoo é usado diariamente em muitos casos, o pensamento é que essa exposição a sulfatos pode levar a sérios riscos. Os sulfatos já foram percebidos como agentes causadores de câncer, no entanto, outras evidências científicas desmentem essas alegações.

    Apesar do que foi citado acima, não significa que o shampoo contendo sulfato seja seguro ou apropriado para todos. Pode ser prejudicial para certos tipos de cabelo e até causar irritação na pele (e couro cabeludo) em algumas pessoas.

    Quando evitar shampoos contendo sulfatos

    Embora os sulfatos sejam eficazes na remoção das partículas de sujeira e óleo do cabelo, existe a possibilidade de que estes ingredientes podem ser “fortes” demais (ou inadequados) para algumas pessoas. Você pode não responder bem aos sulfatos se tiver cabelos ou pele sensíveis ou se tiver alergias ou sensibilidades a esses tipos de produtos químicos.

    Shampoos sem sulfato também são recomendados pela Academia Americana de Dermatologia (AAD) para pessoas com rosácea. Isso ocorre pois os sulfatos irritam a pele de uma pessoa que tem rosácea. Se esta pessoa fizer uso dessas substâncias ela é capaz de desenvolver sintomas adversos no couro cabeludo e no rosto, nos ombros e nas costas. Caso você tenha rosácea, evite outras substâncias irritantes conhecidas nos shampoos, como fragrâncias, álcool e ácidos alfa-hidroxi (como os ácidos glicólico e láctico).

    A Academia Americana de Dermatologia também diz que você deve evitar os sulfatos se você tiver eczemadermatite de contato ou a pele sensível. Quaisquer efeitos potenciais de ensaboar dos shampoos de sulfato podem irritar esses tipos de doenças da pele.

    Uma reação alérgica também é possível se você é sensível aos sulfatos. Se esse for o caso, você pode sentir um ou mais dos seguintes sintomas no couro cabeludo e no rosto após usar shampoos contendo sulfatos:

    • Vermelhidão;

    • Erupção cutânea;

    • Inchaço (inflamação);

    • Coceira;

    • Urticária;

    Caso você esteja sentindo algum dos sintomas citados anteriormente, encontre um médico para tratar adequadamente do seu problema de saúde aqui.

    Se você tem cabelos secos ou finos, talvez seja adequado não fazer uso de shampoos contendo sulfatos. Esses tipos de cabelo são mais frágeis, e os efeitos da espuma desses shampoos podem eliminar muito dos óleos naturais necessários para manter os fios nutridos e saudáveis.

    Os sulfatos podem afetar a coloração dos fios de cabelo, embora a evidência científica sobre o seu uso seja mista. Sabendo disso, você pode considerar escolher shampoos com baixa taxa de sulfatos para que não afete a cor dos seus cabelos. Os shampoos com baixa taxa de sulfatos podem não produzir tanta espuma, contudo ajudam o cabelo a manter a umidade e a cor natural dos fios do cabelo.

    Além de todas as informações citadas acima, vale ressaltar que os sulfatos causam frizz nos cabelos. Quando estas substâncias entram em contato com o cabelo, cria-se uma carga elétrica negativa, que pode criar frizz após usar o shampoo. Você pode minimizar esses riscos procurando shampoos contendo sulfatos que também tenha ingredientes neutralizantes de frizz, como surfactantes anfotéricos ou não iônicos. No entanto, se você é especialmente propenso a frizz, não é recomendável que você faça uso de produtos capilares que contenham sulfatos.

    Shampoos sem sulfatos

    No geral, os shampoos livres de sulfatos são mais caros do que os convencionais e que contém sulfatos. No entanto pode ser que o valor possa valer a pena, especialmente se você tem cabelos ou pele sensível.

    ENCONTRE E COMPARE OS MELHORES PREÇOS DESTE TIPO DE PRODUTO AQUI!

    Conclusão

    Os sulfatos não representam necessariamente riscos à saúde para todas as pessoas. No entanto, se você tem sensibilidade a sulfatos ou se o cabelo está seco, fino ou danificado, pode ser melhor (e recomendável) escolher um tipo diferente de shampoo. Você pode até preferir evitá-los por completo, para ficar do lado seguro.

    Também há outras coisas que você pode fazer para ajudar a manter o seu cabelo saudável.

    Dicas

    Considere a seguir estas dicas para promover a saúde do seu cabelo, além de fazer uso de shampoos sem sulfato:

    • Lave o cabelo apenas quantas vezes for necessário. Os cabelos oleosos precisam ser limpos com mais frequência, geralmente diariamente. Os cabelos secos podem precisar ser lavados apenas algumas vezes por semana. Lavar o cabelo com mais frequência pode retirar os óleos naturais do cabelo e torná-lo ainda mais seco e com aparência mais opaca;

    • Verifique se o seu shampoo é adaptado ao seu tipo de cabelo. Isso inclui shampoos mais cremosos para cabelos secos e encaracolados, produtos para tratamento de cores dos cabelos;

    • Não se esqueça de usar um condicionador! Lavar o cabelo com shampoo remove o excesso de óleo e sujeira, mas também pode eliminar os óleos naturais. (Pense nisso como lavar o rosto, onde você sempre precisa seguir um hidratante adequado ao seu tipo de pele). Você sempre precisa seguir um condicionador, a menos que tenha um produto combinado 2 em 1. Concentre-se em usar o condicionador apenas nas pontas e na metade inferior dos fios.

    Use ferramentas aquecidas com moderação. O uso diário de um secador de cabelo, chapinha ou chapinha acabará danificando os fios. Tente usá-los todos os dias, se necessário, e use um shampoo seco sem sulfato.