Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Tire suas dúvidas sobre Dermatite

    Tire suas dúvidas sobre Dermatite

    A dermatite envolve uma combinação de irritação, alergia e estase das veias. O tipo desta condição é geralmente determinado com base nos antecedentes clínicos e na localização do eritema. A vertente de contacto alérgica pode ocorrer devido a uma breve exposição a substâncias a que a pessoa é alérgica.

    COMPARE AQUI OS MELHORES PREÇOS DOS MEDICAMENTOS

    Os principais sintomas são:

    • Manchas avermelhadas (eritema);

    • Inchaço (edema);

    • Secreção na pele;

    • Pele ressequida;

    • Formação de crosta;

    • Prejuízo na qualidade do sono.

    Os outros sintomas vão depender da origem do eczema. Manchas também causam prejuízo significativo na socialização, um problema sério para crianças com dermatites frequentes que são estigmatizadas e excluídas do convívio social.

    Você sabia? Muitas pessoas costumam confundir o eczema com a dermatite! De fato, ambas são doenças de pele, entretanto existem diferenças quanto às manifestações:

    O eczema é um processo crônico ou agudo de inflamação da pele e se apresenta em forma de manchas avermelhadas com pequenas bolhas. Apesar de prevalecer em algumas partes do corpo, como nas mãos e no rosto, a doença também pode se apresentar no corpo todo.

    Pode-se distinguir a doença em dois tipos: o eczema de contato e atópico. As causas da doença não são totalmente esclarecidas, mas sabe-se que o fator genético influencia no tipo atópico e substâncias irritantes influenciam no tipo de contato.

    O que é?

    Esta condição é um grupo de doenças que causa inflamação da pele. Estas doenças são caracterizadas por prurido e vermelhidão da pele. Nos casos de curta duração podem ocorrer pequenas bolhas, enquanto nos casos de longa duração a pele se pode tornar mais espessa. A área de pele afetada pode variar entre muito pequena e o corpo inteiro.

    Causas:

    Assim como o eczema, a dermatite é uma reação alérgica da pele que gera vermelhidão, coceira, bolhas e pode atingir qualquer parte do corpo. Ela pode surgir em qualquer idade, por diversos motivos, sejam eles genéticos, emocionais, como o estresse, ou desencadeados por agentes externos (ex: clima frio e a oleosidade da pele).

    Tipos:

    Dermatite de Contato

    Existem dois tipos de dermatite de contato a irritativa e a alérgica:

    Irritativa

    Causada por substâncias ácidas ou alcalinas, como sabonetes, detergentes, solventes ou outras substâncias químicas. Pode aparecer na primeira vez em que entramos em contato com o agente causador, o que ocorre com um grande número de pessoas. As lesões da pele geralmente são restritas ao local do contato.

    Alérgica

    Surge após repetidas exposições a um produto ou substância. Depende de ações do sistema de defesa do organismo, e por esse motivo pode demorar de meses a anos para ocorrer, após o contato inicial. Essa forma de dermatite de contato aparece, em geral, pelo contato com produtos de uso diário e frequente, como perfumes, cremes hidratantes, esmaltes de unha e medicamentos de uso tópico, entre outros.

    Dermatite Seborreica

    Esta é uma doença cutânea que provoca manchas descamativas e vermelhas na pele, principalmente no couro cabeludo. A vertente seborreica, mais conhecida como caspa, também pode afetar áreas oleosas do corpo, como: face; laterais do nariz; sobrancelhas; orelhas; pálpebras; e tórax.

    Seus sintomas são:

    • Oleosidade no couro cabeludo;

    • Liberação de escamas brancas (caspa);

    • Liberação de escamas amareladas oleosas;

    • Coceira e ardência;

    • Vermelhidão;

    • Queda de cabelo.

    Dermatite Atópica

    Esta é uma doença genética e crônica, sendo mais comum na região das dobras dos braços e da parte de trás dos joelhos. Pode também vir acompanhada de asma ou rinite alérgica, porém, com manifestação clínica variável.

    Alguns fatores de risco para o desenvolvimento de dermatite atópica podem incluir: alergia a pólen, a mofo, a ácaros ou a animais; contato com materiais ásperos; exposição a irritantes ambientais, fragrâncias ou corantes adicionados a loções ou sabonetes, entre outros.

    Seus sintomas se resumem em pele seca, erupções que coçam e crostas.

    Dermatite Herpetiforme

    Também conhecida como doença de Duhring-Brocq, é uma afecção cutânea benigna, caracterizada por uma erupção papuvesicular crônica e sensação de queimadura intensa e prurido. É considerada uma variante da doença celíaca, na qual o paciente exibe lesões de pele pruriginosas, além de intolerância permanente ao glúten.

    Dentre os fatores que exercem importante papel no surgimento da doença, encontram-se: fatores genéticos, condição imunitária e sensibilidade ao glúten. Todavia, a real causa ainda não foi elucidada.

    Dermatite Ocre

    Este problema surge quando ocorrem problemas na circulação do sangue, compelindo a migração dos elementos do sangue para a pele, estes acabam se fixando em locais onde não deveriam estar com esta complicação é nomeada de estase sanguínea.

    A vertente ocre, pigmentação acastanhada na pele, aparece nas pernas e tornozelos devido às complicações das varizes. A tonalidade na pele da vertente ocre é resultado do caminho que as células hemácias percorrem para o interstício celular, e subsequente, a liberação do grupo da hemoglobina, com elemento Ferro, que deposita-se no interstício, conferindo a pele a coloração acastanhada, marrom escura, ”ferruginosa”, típico da Dermatite Ocre Purpúrea.

    Dermatite esfoliativa

    A dermatite esfoliativa é uma manifestação da rápida renovação da pele. Sua causa é desconhecida, mas sua ocorrência é mais frequente em um contexto de doenças de pele preexistentes (p. ex., atópica, de contato, seborreica, psoríase e pitiríase rubra pilar), uso de drogas (p. ex., penicilina, sulfonamidas, isoniazida, fenitoína, barbitúricos) e malignidades (p. ex., micose fungoide, leucemia e, raramente, adenocarcinomas).

    Os sintomas são: prurido, mal-estar e calafrios.

    Assadura

    Também chamada de eritema da fralda, é uma irritação da pele provocada direta ou indiretamente pelo uso de fraldas.

    É um termo genérico para designar diversos tipos de irritação que ocorrem na região coberta pela fralda. A assadura pode ter diversas causas, as mais comuns são:

    – Contato prolongado da pele coberta pela fralda com urina e/ou fezes;

    – Fricção ou atrito de fraldas de tamanho inadequado com a pele do bebê;

    – Excesso de umidade causado pelo suor nas áreas cobertas pela fralda;

    Dermatite de contato pelo plástico da fralda;

    Dermatite de contato por substâncias químicas presentes na fralda;

    – Brotoejas, devido ao calor e suor dentro das fraldas;

    Dermatite seborreica da fralda;

    – Infecção por fungos, principalmente cândida;

    – Infecção por bactérias.

    Perioral

    Trata-se de um transtorno cutâneo relativamente comum, que surge, especialmente, circunvizinho à boca, queixo e narinas.

    Ocorre com maior frequência em mulheres entre os 25 aos 40 anos de idade. Diversos fatores etiológicos têm sido apontados, como oclusão da superfície da pele com cremes umedecedores em indivíduos que apresentam predisposição, bem como terapia prolongada com corticosteroides tópicos, creme dental fluorado e pílulas anticoncepcionais orais. Acredita-se também que os raios ultravioletas (UV) podem originar este transtorno.

    Seus sintomas são:

    • Prurido moderado;

    • Queimação;

    • Vermelhidão da pele;

    • Erupções, que muitas vezes são irregulares, causando dor;

    • Pele ressecada;

    • Sensação de tensão na área afetada;

    • Descamação cutânea.

    Dermatite Numular

    A causa da vertente numular é desconhecida. Esta geralmente afeta pessoas de meia idade e idosos e surge acompanhada de pele seca, sobretudo no inverno. As reações dermatofíticas podem se manifestar como dermatite numular. No entanto, a erupção cutânea pode surgir, de forma intermitente, sem razão aparente.

    As manchas arredondadas começam como placas pruriginosas com pápulas e bolhas que, posteriormente, exsudam e formam crostas. A erupção cutânea pode estender-se a qualquer parte do corpo. Por vezes, as manchas são mais evidentes na parte posterior dos braços ou das pernas e nas nádegas, mas também surgem no tronco. Novas manchas tendem a surgir em áreas onde manchas antigas cicatrizaram.