Economize em seus medicamentos

    Conheça o Dr. Entrega
    Você sabe o que é glaucoma?

    Você sabe o que é glaucoma?

    O glaucoma é uma doença ocular caracterizada por alteração do nervo óptico que leva a um dano irreversível das fibras nervosas e, consequentemente, perda de campo visual. Essa lesão pode ser causada por um aumento da pressão ocular ou uma alteração do fluxo sanguíneo na cabeça do nervo óptico.


    Você sabia? O glaucoma é uma doença grave e pode levar à perda total da visão!

    O que é:

    É uma doença ocular que se caracteriza por um aumento da pressão intraocular ou por uma fragilidade do nervo óptico.

    O tipo mais comum da doença é o de ângulo aberto que não causa nenhuma dor, nem nenhum outro sintoma que possa indicar o aumento da pressão intraocular. Já o glaucoma de ângulo fechado, que é o tipo menos comum, pode causar dor e vermelhidão nos olhos.


    Causas:

    Ainda não se sabe totalmente as causas da doença, mas geralmente, o aumento da pressão dentro do olho (pressão intraocular) é, geralmente, associada à lesão do nervo óptico, que caracteriza a condição. Esta pressão acontece devido ao aumento de um líquido chamado de humor aquoso, que é produzido na parte anterior do olho ou por uma deficiência de sua drenagem através de seu canal.

    Quando há um bloqueio desse fluido do olho, este provoca o aumento da pressão ocular. Na maioria dos casos, essa pressão está elevada e provoca danos no nervo óptico.

    Também pode ocorrer crianças, embora elas não manifestem nenhum tipo de sintoma. Crianças podem vir a apresentar glaucoma congênito de evolução tardia que acontece nos primeiros anos de vida ou o tipo juvenil, que surge, geralmente, aos quatro ou cinco anos de idade. Mesmo não havendo sintomas, as crianças podem sofrer danos no nervo óptico.


    Tipos de glaucoma:

    O glaucoma pode ser dividido em quatro tipos:

    Ângulo fechado (agudo):

    Ocorre quando a saída do humor aquoso é subitamente bloqueada. Isso origina um aumento rápido, doloroso e grave na pressão intraocular. Casos de glaucoma agudo são emergenciais, bem diferentes do que ocorre com o tipo crônico da doença, em que a pressão ocular desenvolve-se lenta e silenciosamente e, aos poucos, vai danificando a visão.

    Congênito:

    É o tipo em que a criança já nasce com a doença, herdada da mãe durante a gravidez. Este tipo, no entanto, é considerado raro e se descoberto, deve-se tratar imediatamente.

    Ângulo aberto (crônico):

    É o tipo mais comum da doença e tende a ser hereditário, mas sua causa é desconhecida. Um aumento na pressão ocular desenvolve-se lentamente com o passar do tempo, e a pressão elevada causa um dano permanente no nervo óptico, causando perda do campo visual.

    Secundário:

    Costuma ser causado principalmente pelo uso de medicamentos, como corticosteróides, traumas e por outras doenças oculares e sistêmicas.


    Dicas:

    • Tenha uma dieta saudável: Várias vitaminas e nutrientes podem ajudar a melhorar a visão;

    • Se exercite: A prática regular de exercícios físicos moderados pode reduzir a pressão ocular.

    • Limite a ingestão de cafeína: Muito não sabem, mas grandes quantidades de cafeína pode aumentar a sua pressão ocular;

    • Beba água, mas sem exageros! Grandes quantidades de líquidos ingeridos pode aumentar temporariamente a pressão intraocular.

    • Use proteção para os olhos ao usar ferramentas elétricas ou pratique esportes de raquete de alta velocidade em quadras fechadas;

    • Conheça o histórico de saúde ocular da sua família: O glaucoma pode tender a ser hereditário Se você está em risco aumentado, consulte-se com um oftalmologista regularmente;

    • Receba cuidados oculares regularmente: Realizar exames oftalmológicos regulares podem ajudar a detectar a doença em seus estágios iniciais, antes que ocorram danos irreversíveis;


    Tratamento:

    O objetivo do tratamento é reduzir a pressão ocular e dependendo do tipo, isso pode ser feito por meio de medicamentos ou até mesmo cirurgia.

    Ângulo aberto:

    A maioria das pessoas com esse tipo da doença pode ser submetida a um tratamento com colírios, mas alguns casos pode exigir o uso de mais de um tipo de colírio e alguns pacientes podem ser tratados, ainda, com medicamentos que agem para baixar a pressão ocular. Alguns pacientes podem precisar de outras formas de tratamento, como o tratamento a laser, para auxiliar na desobstrução da circulação do humor aquoso e outros pacientes podem precisar de cirurgia tradicional para abrir um novo canal.

    Ângulo fechado:

    Por ser uma emergência médica, pode levar à cegueira após alguns dias sem tratamento. Colírios, pílulas e medicamento intravenoso são utilizados para baixar a pressão nesses casos. Alguns pacientes ainda precisam ser submetidos a uma operação de emergência, chamada de iridotomia. Este procedimento usa um laser para abrir um novo canal na íris, que alivia a pressão e prevenindo novas crises.

    Congênito:

    Essa forma de glaucoma é sempre tratada com cirurgia para desobstruir as câmaras do ângulo.

    Secundário:

    O tratamento consiste em uso de colírios que diminuem a pressão intraocular para conter a progressão da doença, mas não reverte o dano. Alguns casos o tratamento com laser ou cirurgia é indicado.

    Encontre o médico ideal para tratar seu glaucoma ou qualquer outro sintoma que esteja te incomodando aqui.


    Remédios indicados:

    Timolol: É um medicamento indicado para a redução da pressão intraocular elevada e também é indicado como terapia concomitante para pacientes com glaucoma pediátrico. Apresenta início de ação rápido, aproximadamente 20 minutos após a aplicação.

    • Maxsulid

      Maxsulid

      1 apresentações
      sem oferta :(
      sem oferta :(

    Furosemida: É indicada nos casos de hipertensão arterial leve a moderada; edema devido a distúrbios cardíacos, hepáticos e renais e edema devido a queimaduras. Apresenta efeito diurético e anti-hipertensivo, e o início da ação ocorre cerca de 60 minutos após a administração do produto.

    • Maxsulid

      Maxsulid

      1 apresentações
      sem oferta :(
      sem oferta :(