Seu carrinho ainda está vazio!

Busque um medicamento e adicione aqui para entregarmos os melhores preços.
Isofarma Solução De Gliconato De Cálcio 10

Bula do Isofarma Solução De Gliconato De Cálcio 10

0 apresentações
sem oferta :( Ver ofertas

ISOFARMA - SOLUÇÃO DE GLICONATO DE CÁLCIO 10% gliconato de cálcio APRESENTAÇÕES Solução injetável, estéril e apirogênica com: - 10 mL em embalagem com 200 ampolas plásticas de polietileno transparentes USO INTRAVENOSO OU INTRAMUSCULAR USO ADULTO E PEDIÁTRICO COMPOSIÇÃO gliconato de cálcio.................................................... 9,79 g sacarato de cálcio..................................................... 0,45 g água para injeção q.s.p. ........................................... 100 mL Conteúdo eletrolítico: cálcio.............................................................. 0,46 mEq/mL Osmolaridade............................................... 683 mOsmol/L pH .......................................................................... 6,0 – 8,2 1. PARA QUÊ ESTE MEDICAMENTO É INDICADO É indicado no tratamento dos estados agudos de hipocalcemia (como tetania neonatal); na tetania resultante de insuficiência de paratormônio ou de vitamina D, na alcalose e na prevenção de hipocalcemia durante ou após transfusões. Este medicamento também é indicado na preparação de soluções para diálise peritoneal ou hemodiálise como restaurador de eletrólitos e no tratamento da hiperpotassemia e no tratamento coadjuvante da hipermagnesia.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA

Tem grande importância por auxiliar nos processos de transmissão nervosa, contração muscular, coagulação sanguínea (Fator IV), reações antígeno-anticorpo e de fixação do complemento. Além disso, este medicamento atua na fagocitose, na secreção e ação de enzimas e hormônios (amilase, catecolaminas) e na manutenção da contratilidade, ritmo e tonicidade do miorcárdio. É relevante nos períodos de gestação, lactação e crescimento, juntamente com a vitamina D e fósforo.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO

Este medicamento é contra-indicado a pacientes sob medicação digitálica, portadores de cálculo renal e a indivíduos com hipercalcemia.

O QUE DEVO SABER ANTES DE UTILIZAR ESTE MEDICAMENTO

Você deve tomar os seguintes cuidados antes de administrar este medicamento: - verificar o prazo de validade; - não utilizá-lo se o recipiente estiver violado e se a solução apresentar turvação; - descartar imediatamente o volume não usado após a abertura da ampola. Após observar essas precauções, administrar preferencialmente este medicamento por infusão intravenosa, pois, por via intramuscular, frequentemente provoca abscesso. A administração intravenosa deve ser lenta para evitar transvasamento da veia e surgimento de sintomas como hiperemia (vermelhidão) de face ou vasodilatação periférica. Utilizar este medicamento em pacientes com insuficiência renal ou cardíaca ou com sarcoidose com cautela, pois sais de cálcio (componentes desta solução medicamentosa) aumentam o efeito cardíaco dos digitálicos e podem causar intoxicações. É importante saber também que, segundo relatos, o uso deste medicamento envolve risco de uma alteração neurológica do paciente. Erro de diluição deste medicamento, com infusão de soluções excessivamente concentradas, pode acarretar: aumento da osmolaridade do plasma, sede, agitação, irritabilidade, letargia, tremores, podendo levar a convulsões, além de processo inflamatório da veia utilizada. Você também deve atentar para as seguintes recomendações: