Seu carrinho ainda está vazio!

Busque um medicamento e adicione aqui para entregarmos os melhores preços.
Milgamma

Bula do Milgamma

0 apresentações
sem oferta :( Ver ofertas

BULA COMPLETA DO MILGAMMA PARA O PACIENTE

(benfotiamina)

Hypermarcas S.A.

Drágea

150 mg

Milgamma - drágea - Bula para o paciente 1

I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

benfotiamina

APRESENTAÇÕES

Drágea 150mg: embalagens com 10 ou 30 drágeas.

USO ORAL

USO ADULTO

COMPOSIÇÃO

Cada drágea contém:

benfotiamina...........................................................................................................................150 mg

Excipiente q.s.p.....................................................................................................................1 drágea

(celulose microcristalina, talco, povidona, dióxido de silício, gordura hidrogenada, croscarmelosa

sódica, goma laca, sacarose, carbonato de cálcio, dióxido de titânio, goma arábica, amido, glicerol,

macrogol, polissorbato 80, cera montanglicol)

Milgamma - drágea - Bula para o paciente 2

II - INFORMAÇÕES AO PACIENTE

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

MILGAMMA®

é usado para o tratamento da polineuropatia sintomática associada ao diabetes e ao

consumo excessivo de bebidas alcoólicas, que se manifestam principalmente na forma de dores e

sensações de formigamento nas pernas em pacientes diabéticos e alcoólicos, respectivamente.

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

MILGAMMA®

(benfotiamina) é um pró-fármaco da tiamina (vitamina B1) que é uma substância

essencial e desempenha um papel vital nos processos metabólicos do organismo. A benfotiamina

ajuda a prevenir as consequências danosas dos níveis aumentados de glicose em pacientes

diabéticos, inibindo o acúmulo de substâncias tóxicas e reduzindo os principais sintomas da

polineuropatia diabética como as dores e sensações de formigamento nas pernas. MILGAMMA®

também apresenta efeitos benéficos em casos de polineuropatia alcoólica.

A melhora dos sintomas é observada após aproximadamente 3 semanas do início do uso do

medicamento, sendo mais acentuada após a sexta semana de tratamento.

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Este medicamento é contraindicado para pacientes que apresentarem antecedentes de

hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula.

Este medicamento é contraindicado para menores de 18 anos de idade.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do

cirurgião-dentista.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Atenção diabéticos: contém açúcar.

No entanto, a quantidade de açúcar presente nas drágeas de MILGAMMA®

não eleva a glicemia de

maneira clinicamente relevante.

Produto de uso exclusivo em adultos. O uso em crianças representa risco à saúde.

Uso durante a gravidez e amamentação. Não existe nenhum dado disponível sobre o uso da

benfotiamina na gravidez e durante a lactação. Embora efeitos danosos não tenham sido

constatados, ainda assim MILGAMMA®

não deve ser usado durante a gravidez e lactação.

Se você estiver grávida, o uso deste medicamento só será justificável para o tratamento de uma

deficiência de vitamina B1. Portanto, você deverá usar MILGAMMA®

somente se seu médico

considerar inquestionavelmente necessário.

A vitamina B1 passa para o leite materno.

Durante o período de aleitamento materno ou doação de leite humano, só utilize

medicamentos com o conhecimento do seu médico ou cirurgião-dentista, pois alguns

medicamentos podem ser excretados no leite humano, causando reações indesejáveis no bebê.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do

cirurgião-dentista.

Uso em crianças. A segurança e a eficácia em crianças e adolescentes de até 18 anos de idade,

ainda não foram estabelecidas.

Uso em idosos. Esquemas normais de dosagem são recomendados para o idoso.

Interações medicamentosas

Interação medicamento-medicamento. A tiamina é desativada pelo 5-fluorouracil (uma

substância para o tratamento de câncer) uma vez que o 5-fluorouracil inibe competitivamente a

fosforilação da tiamina a tiamina pirofosfato.

Até o momento, não houve relato de outras interações medicamentosas ou de interações de

alimentos com MILGAMMA®

.

Converse com seu médico sobre outros medicamentos que esteja tomando ou pretende tomar, pois

poderá interferir na ação de MILGAMMA®

Interações entre medicamento e exames laboratoriais. Nos estudos clínicos, não foram

observadas alterações nos exames laboratoriais com o uso de MILGAMMA®

(glicemia,

hemoglobina glicada, enzimas hepáticas, ureia, creatinina, hemograma, sódio, potássio, proteínas

plasmáticas, excreção de proteína na urina).

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro

medicamento.

Milgamma - drágea - Bula para o paciente 3

Não use medicamento sem o conhecimento de seu médico. Pode ser perigoso para sua saúde.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C).

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

As drágeas MILGAMMA®

são redondas, biconvexas, de cor branca e com superfície lisa em ambas

as faces.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você

observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

USO ORAL

Tome as drágeas com água, independentemente das refeições.

Tome MILGAMMA®

seguindo rigorosamente as instruções desta bula. Você deve confirmar com seu

médico caso tenha alguma dúvida.

As informações a seguir devem ser aplicadas, exceto se seu médico tiver prescrito MILGAMMA®

de

outra forma:

Adultos. Exceto se prescrito em outra dose, o início do tratamento deve ser feito com 300mg a 450mg de

benfotiamina por dia, dependendo da gravidade da neuropatia, durante pelo menos 4 a 8 semanas (1

drágea de MILGAMMA®

150mg, 2 vezes ao dia (de 12 em 12 horas) a 3 vezes ao dia (de 8 em 8 horas).

Após este período inicial, o tratamento de manutenção deve ser baseado na resposta terapêutica.

Exceto se prescrito em outra dose, recomenda-se 150mg de benfotiamina ao dia (1 drágea de

MILGAMMA®

150mg, uma vez ao dia).

Idosos. Não há necessidade de ajuste de dose em pacientes idosos.

Pacientes com comprometimento renal e/ou hepático. Não há necessidade de ajuste de dose em

pacientes com insuficiência renal/hepática.

Duração de uso. A duração da administração de MILGAMMA®

é determinada pela resposta

terapêutica.

Converse com seu médico se sentir que o efeito do MILGAMMA®

está forte demais ou fraco

demais.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do

tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Use a medicação assim que se lembrar. Se o horário estiver próximo do que seria a próxima dose,

pule essa dose perdida e siga o horário das outras doses normalmente. Não dobre a dose para

compensar a dose esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-

dentista.

8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Junto com os efeitos necessários para seu tratamento, os medicamentos podem causar reações não

desejadas. MILGAMMA®

pode causar reações não desejadas (adversas).

Apesar de nem todas essas reações adversas ocorrerem, você deve procurar atendimento médico case

alguma delas ocorra.

Se você tiver qualquer um dos efeitos colaterais listados abaixo, pare de tomar MILGAMMA®

e

consulte seu médico assim que possível.

Reações raras (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento):

transtornos do sistema imunológico como, reações alérgicas, erupções cutâneas, urticária, reações

alérgicas graves (reações anafiláticas).

Reações cuja incidência ainda não está determinada: transtornos gastrintestinais, como náuseas e

outras queixas gastrintestinais. Uma reação causal com benfotiamina ainda não foi suficientemente

elucidada e pode ser dose-dependente.

Atenção: este é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e

segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer efeitos

Milgamma - drágea - Bula para o paciente 4

adversos imprevisíveis ou desconhecidos podem ocorrer. Neste caso, informe seu médico ou

cirurgião-dentista.

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA

DESTE MEDICAMENTO?

Este medicamento deve ser usado somente na dose recomendada. Se você utilizar grande quantidade

deste medicamento, procure imediatamente auxílio médico levando a bula do produto, se possível.

O que fazer antes de procurar auxílio médico?

Deve-se evitar a provocação de vômitos e a ingestão de alimentos ou bebidas. O mais indicado é

procurar um serviço médico, tendo em mãos a embalagem do produto e, de preferência, sabendo-se a

quantidade exata de medicamento ingerida. Pode-se, alternativamente, solicitar auxílio ao Centro de

Assistência Toxicológica da região, o qual deve fornecer as orientações para a superdose em

questão.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e

leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar

de mais orientações.

Milgamma - drágea - Bula para o paciente 5