Seu carrinho ainda está vazio!

Busque um medicamento e adicione aqui para entregarmos os melhores preços.
Nioxil

Bula do Nioxil

2 apresentações
sem oferta :( Ver ofertas

BULA COMPLETA DO NIOXIL PARA O PACIENTE

NIOXIL

Geolab Indústria Farmacêutica S/A

Comprimido

20mg

____________________________________________________________________________________

MODELO DE BULA PARA O PACIENTE

Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento.

Nioxil

nifedipino

FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES:

Comprimido de 20mg: Embalagens contendo 20 ou 30 comprimidos.

USO ORAL

USO ADULTO

COMPOSIÇÃO

Cada comprimido contém:

nifedipino......................................................................................................................................................................20mg

Excipientes: celulose microcristalina, lactose monoidratada, dióxido de silício, croscarmelose sódica, estearato de

magnésio, corante óxido de ferro vermelho, povidona e álcool etílico.

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Nioxil é indicado para o tratamento da pressão alta e da doença coronária (angina de esforço).

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Nioxil contém a substância ativa nifedipino, que pertence a um grupo de substâncias conhecidas como antagonistas do

cálcio. Sua atividade mais importante é dilatar os vasos sanguíneos, diminuindo a resistência à passagem do sangue.

Assim, o sangue corre livremente por veias e artérias, e isso faz diminuir a pressão arterial. O tratamento da pressão alta

diminui o risco de ocorrerem complicações no coração, no cérebro e nos vasos sanguíneos. O nifedipino serve também

para tratar a dor no peito conhecida como angina do peito da doença coronária, porque essa substância ativa faz com

que chegue mais sangue ao coração.

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Nioxil não deve ser usado nas situações abaixo:

• alergia ao nifedipino ou a qualquer dos outros ingredientes do medicamento.

Caso haja dúvida com relação a ter tido ou não qualquer alergia devida ao nifedipino, consulte seu médico;

• em caso de choque de origem cardíaca;

• paciente fazendo uso do antibiótico rifampicina, que é um medicamento que combate infecções;

• antes da 20ª semana de gravidez e na amamentação.

Informe ao seu médico caso ocorra gravidez ou início de amamentação durante o uso deste medicamento.

V.00_09/2014

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Advertências e precauções

Nioxil deve ser usado com precaução nos seguintes casos:

- pacientes que sofrem de pressão muito baixa (pressão máxima abaixo de 90mmHg) ou de mau funcionamento do

coração, o que é chamado de insuficiência cardíaca, ou pessoas que tenham um estreitamento importante da valva

aórtica, conhecido como estenose aórtica grave;

- em pacientes com doença do fígado, pois em casos graves poderá ser necessário reduzir a dose do medicamento;

- uso após a 20ª semana de gestação: exige uma avaliação individual cuidadosa do risco-benefício e somente será

considerado se nenhuma das outras opções de tratamento for indicada ou se elas forem ineficazes.

No caso de mulheres grávidas, monitorar cuidadosamente a pressão arterial, inclusive ao se administrar o nifedipino

com sulfato de magnésio por via intravenosa, devido à possibilidade de uma queda acentuada da pressão sanguínea, o

que pode ser prejudicial à mãe e ao feto. Converse com seu médico.

O nifedipino pode ser a causa de insucesso na fertilização artificial em homens que estão tomando o medicamento e não

apresentam outras causas que justifiquem esse insucesso.

Alguns medicamentos como antibióticos macrolídeos (p.ex. eritromicina), antivirais usados para o tratamento de AIDS

(p.ex. ritonavir), antimicóticos azólicos (p.ex. cetoconazol), antidepressivos nefazodona e fluoxetina,

quinupristina/dalfopristina, ácido valproico, cimetidina podem aumentar as concentrações de nifedipino no sangue,

portanto, o médico deve monitorar sua pressão arterial em casos de coadministração e, se necessário, reduzir a dose de

nifedipino.

Como este medicamento contém lactose, paciente com problemas hereditários raros de intolerância à galactose,

deficiência de lactase Lapp ou má absorção de glicose e galactose não devem tomar este medicamento.

Efeito sobre a capacidade de dirigir veículos e operar máquinas

Reações à droga, que variam em intensidade de indivíduo para indivíduo, podem reduzir a capacidade de dirigir

veículos ou de operar máquinas. Isso pode ocorrer, particularmente, no início do tratamento, na mudança de medicação

ou sob ingestão alcoólica simultânea.

Para verificar o uso em Populações Especiais vide item “O que devo saber antes de usar este medicamento?”

Gravidez e amamentação

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

O nifedipino é contraindicado antes da 20ª semana de gravidez (veja item “Quando não devo usar este medicamento?”).

O nifedipino é eliminado no leite materno. Como não há experiência dos possíveis efeitos em crianças, suspenda a

amamentação se iniciar o tratamento com nifedipino.

Interações medicamentosas

Medicamentos que podem ter seu efeito alterado se tomados com nifedipino:

• outros medicamentos para o tratamento da pressão alta: como diuréticos, betabloqueadores, inibidores da ECA,

antagonistas do receptor de angiotensina (AT-1), outros antagonistas de cálcio, bloqueadores alfa-adrenérgicos,

inibidores da PDE5 e alfa-metildopa, podem ter o seu efeito aumentado;

• betabloqueadores, usados para tratar a pressão alta e algumas doenças do coração, podem provocar queda muito

forte da pressão e piorar o funcionamento do coração. Esses pacientes devem ser monitorados com muito cuidado;

• digoxina, usada para tratar doenças do coração, principalmente a insuficiência cardíaca, pode ter seu efeito

aumentado;

V.00_09/2014

• quinidina, usada para o tratamento das alterações das batidas do coração: pode ser necessário ajuste de dose ao se

iniciar ou terminar o tratamento com nifedipino; é preciso consultar o médico a respeito;

• tacrolimo, usado em doentes transplantados: junto com nifedipino poderá ser necessário reduzir a dose de tacrolimo.

Medicamentos que alteram o efeito do nifedipino se tomados juntos:

Os seguintes medicamentos reduzem o efeito de nifedipino:

rifampicina (antibiótico): não pode ser administrada junto com nifedipino, pois reduz o efeito deste; fenitoína,

carbamazepina, fenobarbital (antiepilépticos): reduzem a eficácia de nifedipino.

• Os seguintes medicamentos podem aumentar o efeito de nifedipino:

antibióticos macrolídeos (exceto a azitromicina), p. ex. eritromicina; inibidores da protease anti-HIV ou antivirais

usados para o tratamento de AIDS, p. ex. ritonavir; antifúngicos azólicos, p. ex. cetoconazol; antidepressivos como

fluoxetina e nefazodona; quinupristina/dalfopristina (antibióticos); ácido valproico (antiepiléptico); cimetidina (para o

tratamento de úlceras do estômago ou do duodeno); cisaprida (para o tratamento de certas doenças do estômago e do

intestino).

Interação com alimentos

Não se deve tomar suco de toronja, conhecida também como grapefruit, enquanto estiver em tratamento com nifedipino,

pois poderá ocorrer uma queda maior da pressão. Após o consumo regular de suco de toronja, o efeito pode perdurar

por pelo menos três dias após a última ingestão do suco.

Outras formas de interação

O nifedipino pode causar um falso aumento dos valores de ácido vanililmandélico urinário determinado por alguns

métodos laboratoriais.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Nioxil deve ser mantido em temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da luz e umidade.

Os comprimidos só devem ser retirados da embalagem na hora de tomar.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas e organolépticas

Nioxil apresenta-se na forma de comprimido circular plano, com vinco e coloração alaranjada.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma

mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Os comprimidos devem ser tomados com um intervalo de 12 horas, não devendo esse intervalo ser menor que 4 horas.

O comprimido deve ser engolido inteiro com um pouco de líquido, podendo ser tomado com uma refeição ou não. Suco

de toronja deve ser evitado (veja item “O que devo saber antes de usar este medicamento? Subitem Interações com

alimentos”).

Nioxil destina-se a tratamentos prolongados. O seu médico dirá exatamente durante quanto tempo você deverá tomar

Nioxil.

Não tome mais comprimidos do que aqueles que o médico receitou.

V.00_09/2014

Geralmente o médico receita 2 comprimidos de Nioxil por dia.

Informações adicionais para populações especiais

- Crianças e adolescentes

A segurança e eficácia de nifedipino não foram estabelecidas em crianças abaixo de 18 anos.

- Idosos

A farmacocinética de nifedipino é alterada em pacientes idosos. Assim, é necessária uma menor dose de manutenção

quando comparado a pacientes mais jovens.

- Pacientes com disfunção hepática

Deve-se efetuar monitoramento cuidadoso em pacientes com problemas no fígado e, em casos graves, pode ser

necessário reduzir a dose.

- Pacientes com disfunção renal

Baseando-se em dados farmacocinéticos não há necessidade de ajuste de dose em pacientes com problemas no rim (veja

item “Propriedades farmacocinéticas”).

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

7. O QUE FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Se você se esqueceu de tomar uma ou mais doses, não tome outra dose para compensar a dose esquecida. Aguarde até o

momento da próxima dose e continue normalmente o tratamento.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.