Seu carrinho ainda está vazio!

Busque um medicamento e adicione aqui para entregarmos os melhores preços.
Sulfato De Salbutamol

Bula do Sulfato De Salbutamol

19 apresentações
a partir de R$2,85 Ver ofertas

BULA COMPLETA DO SULFATO DE SALBUTAMOL PARA O PACIENTE

Solução oral 0,4mg/mL

MODELO DE BULA COM INFORMAÇÕES AO PACIENTE

Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999.

APRESENTAÇÕES

Embalagens contendo 1 e 50 frascos com 120mL + 1 e 50 copos-medida

USO ORAL

USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 2 ANOS

COMPOSIÇÃO

Cada mL contém:

salbutamol (na forma de sulfato de salbutamol).............................................................0,4mg

Veículo q.s.p......................................................................................................................1mL

Excipientes: ácido cítrico, álcool etílico, citrato de sódio, corante vermelho bordeaux,

aroma de morango, glicerol, metilparabeno, propilparabeno, sacarose e água de osmose

reversa.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Este medicamento é indicado para o controle e a prevenção do ataque asmático e

proporciona alívio do espasmo brônquico associado às crises de asma, bronquite crônica e

enfisema.

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Este medicamento contém sulfato de salbutamol como substância ativa, pertence a um

grupo de medicamentos chamados broncodilatadores. O salbutamol relaxa a musculatura

das paredes dos brônquios, ajudando a abrir as vias aéreas e tornando mais fácil a entrada e

a saída de ar dos pulmões. Dessa forma alivia o aperto no peito, o chiado e a tosse,

permitindo que você respire com mais facilidade.

O tempo para início de ação deste medicamento é cerca de 30 minutos.

O salbutamol tem duração de ação de 4 a 6 horas, na maioria dos pacientes.

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

O uso de sulfato de salbutamol é contraindicado para pacientes que apresentam alergia ao

salbutamol ou a qualquer outro componente do medicamento.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Sua resposta ao tratamento da asma deve ser monitorada pelo seu médico através da

realização de exames para avaliar a sua função pulmonar.

Como podem ocorrer reações adversas causadas por doses elevadas, não aumente a dose

nem a frequência de uso de sulfato de salbutamol, a menos que seu médico recomende.

Procure-o caso não sinta o alívio usual dos sintomas ou o tempo de ação do medicamento

se reduza. O aumento do uso de sulfato de salbutamol para melhora dos sintomas indica

que o controle da asma se deteriorou. Nesse caso, fale com seu médico, que deve considerar

a terapia com corticosteroides.

Sulfato de salbutamol pode provocar redução dos níveis sanguíneos de potássio e aumento

dos de glicose (açúcar). A administração junto com corticosteroides pode aumentar esse

efeito. Se você é diabético, consulte seu médico antes de usar sulfato de salbutamol.

Se você utiliza xantinas, corticosteroides, diuréticos ou sofre de hipóxia (má oxigenação do

sangue), informe seu médico. Nessas situações, recomenda-se monitorar os níveis de

potássio.

Se você sofre de tieotoxicose (doença causada pela intoxicação por exesso de produção de

hormônio da tireoide), informe seu médico, pois deverá fazer uso de sulfato de salbutamol

com cautela.

Uso em idosos, crianças e outros grupos de risco

Crianças: o medicamento é muito bem tolerado por crianças. Ver Posologia.

Idosos: ver Posologia.

Efeitos sobre a capacidade de dirigir veículos e operar máquinas

Nenhum efeito sobre essas atividades foi reportado.

Gravidez e lactação

A administração de medicamentos durante a gravidez somente deve ser feita se o benefício

para a mãe for maior do que qualquer risco para o feto.

Como o salbutamol é provavelmente secretado no leite materno, não se recomenda o uso de

sulfato de salbutamol em mulheres que estejam amamentado.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação

médica ou do cirurgião-dentista.

Este produto contém salbutamol, que está incluído na lista de substâncias proibidas da

Agência Mundial Antidoping.

Este medicamento pode causar doping.

Interações medicamentosas

Sulfato de salbutamol não deve ser utilizado com medicamentos β-bloqueadores não

seletivos, como o propranolol.

Sulfato de salbutamol não é contraindicado em pacientes em tratamento com inibidores da

monoaminoxidase (IMAOS).

Informe seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro

medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a

sua saúde.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE

MEDICAMENTO?

DURANTE O CONSUMO ESTE PRODUTO DEVE SER MANTIDO NO CARTUCHO

DE CARTOLINA, CONSERVADO EM TEMPERATURA AMBIENTE (15 A 30ºC).

PROTEGER DA LUZ E UMIDADE.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem

original.

Aspecto do medicamento: Solução límpida de cor vermelha bordeaux com aroma de

morango.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de

validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para

saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Modo de uso

Uso oral.

Siga as recomendações de seu médico, pois em alguns casos a diluição de sulfato de

salbutamol é aconselhável.

Posologia

Para alívio do broncoespasmo

Adultos:

A dose usualmente eficaz é de 4mg de salbutamol (10mL) 3 ou 4 vezes ao dia.

Caso não se obtenha a broncodilatação adequada, cada dose pode ser gradualmente

aumentada para até 8mg (20mL). Contudo, observou-se que alguns pacientes obtêm alívio

adequado com 2mg (5mL) 3 ou 4 vezes ao dia.

Para os pacientes muito sensíveis a estimulantes ß-adrenérgicos, recomenda-se iniciar o

tratamento com 2mg (5mL) 3 ou 4 vezes ao dia.

Crianças:

Crianças de 2 a 6 anos: 2,5 a 5mL (1 a 2mg de salbutamol) 3 ou 4 vezes ao dia.

Crianças de 6 a 12 anos: 5mL (2mg de salbutamol) 3 ou 4 vezes ao dia.

Crianças acima de 12 anos: 5 a 10mL (2 a 4mg de salbutamol) 3 ou 4 vezes ao dia.

Pacientes idosos:

Recomenda-se iniciar o tratamento com 5mL (2mg de salbutamol) 3 ou 4 vezes ao dia.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração

do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

7. O QUE FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE

MEDICAMENTO?

Se você se esquecer de tomar uma dose, tome-a logo que se lembrar. No entanto, se você só

se lembrar na hora que deveria tomar a próxima dose, não tome a dose esquecida. Ou seja,

não tome uma dose dobrada para compensar uma perdida. Você pode apresentar uma

sensação de aperto ou chiado no peito ou tosse (isto é, os sintomas normais da asma). Se

você perder apenas uma dose, esses sintomas nem sempre podem ocorrer.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico ou

cirurgião-dentista.

8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

As reações adversas estão listadas abaixo de acordo com a frequência.

Reação muito comum (ocorre em 10% dos pacientes que utilizam este medicamento):

tremor.

Reações comuns (ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento):

dor de cabeça; aumento da frequência dos batimentos do coração; palpitações; câimbra

muscular.

Reações raras (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento):

diminuição dos níveis de potássio no sangue; arritmia cardíaca (alterações no ritmo normal

dos batimentos do coração); aumento do fluxo sanguíneo em determinadas regiões.

Reações muito raras (ocorrem em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este

medicamento): hipersensibilidade - reações alérgicas caracterizadas por vermelhidão,

coceira, inchaço, falta de ar, podendo ocorrer diminuição da pressão sanguínea e desmaio;

hiperatividade; sensação de tensão muscular.

Informe seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações

indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu

serviço de atendimento.

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A

INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Se acidentalmente você usar mais doses do que as recomendadas, perceberá que seu

coração bate mais rápido que o normal e poderá sentir tontura ou tremores, além de dor de

cabeça.

Foram relatados enjoos, vômitos e aumento dos níveis de glicose (açúcar) no sangue,

predominantemente em crianças e quando a superdosagem de sulfato de salbutamol foi

feita por via oral.

Sua respiração poderá ficar mais rápida e curta.

Se a dose usada for muito maior do que a correta, chame seu médico imediatamente ou se

dirija ao hospital ou pronto-socorro mais próximo. Leve esta bula ou o medicamento para

que saibam o que você usou.

O tratamento deve ser direcionado de acordo com estado clínico do paciente ou conforme

indicado pelo centro nacional de intoxicação, quando disponível.

Em alguns casos pode ser necessário o uso de um agente betabloqueador cardiosseletivo

como antídoto. Seu médico avaliará o seu caso.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente

socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento se possível. Ligue para

0800 722 6001 se você precisar de mais orientações.